quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Pré-matrícula para novos alunos tem início no dia 22


Estudantes da Escola Municipal Francisco Melo.
Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió
No período de 22 a 28 de janeiro, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) inicia a pré-matrícula para novos alunos da Rede Municipal de Ensino de Maceió. O processo será feito inteiramente on-line no site da Prefeitura de Maceió.

De acordo com o coordenador-geral de Informações e Avaliação Escolar da Semed, Roberval Ferreira, a seleção dos estudantes acontecerá observando critérios de existência de vaga na escola pretendida, idade certa para a etapa/ano e a necessidade do aluno em precisar de atendimento educacional especializado ou já ter irmão na escola selecionada.
Para realizar a pré-matrícula, os pais ou responsáveis devem fornecer os dados solicitados até a confirmação da inscrição. No ato do preenchimento dos dados é preciso indicar três opções de escolas onde desejam matricular a criança. Após a conclusão deste cadastro, um comprovante de pré-matrícula será emitido. É importante imprimir e salvar o documento.
O coordenador ressalta que os pais devem prestar bastante atenção com o período de cadastro da pré-matrícula. Ele reforça ainda que para fazer o cadastro é necessário ter em mãos dados essenciais da criança, além dos nomes oficiais das três escolas mais próxima de sua residência. “É importante não perder o prazo, pois não será prorrogado”, disse Ferreira lembrando que a pré-matrícula não garante a vaga, por que depende da disponibilidade da rede. O resultado da seleção será divulgado também no site da Prefeitura.
Resultado da Pré-Matrícula
Entre os dias 03 e 09 de fevereiro, os pais ou responsáveis legais deverão acessar o site da Prefeitura para consultar a unidade escolar em que o estudante foi alocado, assim como a data e o local de efetivação da matrícula.
Efetivação da Pré- Matrícula
Após o resultado da Pré-Matrícula os pais ou responsáveis devem dirigir-se à escola designada para o estudante de posse dos documentos necessários para efetivar a matrícula. O ano letivo da Rede Municipal de Educação para as escolas que concluíram o calendário 2017 até 20 de janeiro de 2018 terá inicio no dia 19 de fevereiro.
Pontos para a Pré-Matrícula
Para os pais que não dispõem de acesso a internet, a Semed indica 15 locais para auxiliá-los durante o processo de cadastro da Pré-Matrícula online.
Confira:
Escola Municipal Maria José Carrascosa;
Escola Municipal Rui Palmeira;
Escola Municipal José Carneiro;
Escola Municipal Tradutor João Sampaio;
Escola Municipal Hermínio Cardoso;
Escola Municipal Dom Hélder;
Escola Municipal Lamenha Lins;
Escola Municipal Pompeu Sarmento;
Escola Municipal Paulo Bandeira;
Escola Municipal Pedro Suruagy;
Escola Municipal Carmelita Gama;
Escola Municipal Jaime Miranda;
Centro Municipal de Educação Infantil Heloisa de Gusmão;
Centro Municipal de Educação Infantil Hebert de Souza;
Secretaria Municipal de Educação (Semed) – Cambona.
Ascom Semed

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Projovem Urbano: Semed descentraliza locais de inscrição


Tenda será montada na Rua do Comércio para realização de inscrições.
Foto: Mauro Fabiani /Ascom Semed
As inscrições para o Projovem Urbano em Maceió serão descentralizadas. Os interessados poderão se dirigir, entre os dias 22, 23 e 24 de janeiro, a um ponto volante da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na Rua do Comércio, no Centro, e à Escola Municipal Selma Bandeira, situada no Benedito Bentes, a partir desta terça-feira (16).
No Centro, os interessados deverão comparecer ao posto da Semed em frente às Óticas Flamengo. A equipe atenderá no local das 8h às 17h. Já na Escola Selma Bandeira, a matrícula poderá ser feita das 18h às 20h. A unidade trabalhará em regime de plantão para receber as inscrições.
“Devido à dificuldade de alguns jovens para se deslocar até a Semed, acreditamos que aumentar a oferta de locais de atendimento facilitará o ingresso dos interessados no Projovem”, disse a coordenadora do Programa em Maceió, Solange Gouveia.
O Projovem Urbano está disponibilizando 600 vagas para escolas no Jacintinho, Clima Bom, Benedito Bentes, Levada e Prado, com possibilidade de inclusão de outras localidades, a depender da demanda de alunos. O programa recebe jovens de 18 a 29 anos que não concluíram a educação básica em algum momento de sua vida escolar. O curso ofertado possui duração de 18 meses ininterruptos, com aulas no horário noturno e, além da formação do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, também oferece qualificação profissional inicial e inclusão digital.
Inscrições
Os candidatos interessados em concorrer a uma das vagas devem se dirigir aos pontos de inscrição com cópias e originais da Carteira de Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência atual e histórico escolar. Mais informações sobre o processo podem ser obtidas pelo telefone (82) 3315-4555.
 Eduardo Araújo (estagiário)/ Ascom Semed

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Transferência interna: consulta de resultado sai 19/01


É preciso dirigir-se à escola de origem do aluno para saber o resultado.
Pais e responsáveis por alunos da Rede Municipal de Ensino poderão conferir o resultado da solicitação de transferência entre escolas municipais para o ano letivo de 2018 a partir do dia 19 de janeiro. Para saber se o processo foi deferido, é necessário que eles se dirijam à escola de origem para fazer a consulta.


Após a verificação os pais ou responsáveis devem, entre 22 e 24 de janeiro, realizar a matrícula na escola em que o aluno foi realocado. Para isso, é necessário comparecer ao local portando a documentação exigida, que pode ser consultada abaixo.
O estudante que não for realocado em nenhuma das opções tem sua vaga garantida na sua unidade escolar de origem, desde que a escola oferte a série que o aluno cursará. Há exceção para estudantes que estiverem saindo da educação infantil. Eles precisam ser encaminhados, necessariamente, para outra unidade de ensino.
Mais informações podem ser obtidas na Comissão de Matrícula na Semed pelo telefone 3315-4720.
Documentos necessários:
Histórico ou declaração escolar;
Certidão de nascimento ou casamento;
CPF do estudante;
Cartão do SUS;
Cartão do Bolsa Família (caso seja beneficiário);
Cartão de vacinação (para crianças de até sete anos);
RG e CPF originais do responsável;
Comprovante de residência;
Três fotos 3×4;
Eduardo Araújo (estagiário)/ Ascom Semed

Encontro debate práticas educacionais nos Cmeis


Gestoras dos Cmeis trocam experiências de suas unidades. Foto: Ascom Semed
Equipes dos Centros Municipais de Ensino Infantil (Cmeis) da rede municipal de ensino participaram de um encontro, na última quarta-feira (10), a fim de conhecer o trabalho realizado no Cmei Elza Lira. A experiência nasceu da necessidade de conhecer as práticas pedagógicas do local e intercambiar os saberes e fazeres pedagógicos da rede para essa etapa de ensino.

Na ocasião, a equipe conheceu as instalações do Cmei e em uma roda de conversa, ouviu experiências da equipe que gere a unidade. Participaram da iniciativa 25 gestoras e 5 técnicos, que também fizeram uma visita às instalações do local para compreender o espaço em que as crianças são atendidas. Durante o passeio, conheceram a logística de atendimento, a organização do espaço e a realização das práticas no local.
Equipe visita as dependências do Cmei. Foto: Colaboração CEI/Semed
A gestora Carmem Couto, que esteve à frente da instituição por 10 anos, explicou na oportunidade como é a jornada diária das crianças dentro do local. Alimentação, sono, brincadeiras, troca de fraldas e higiene dos bebês foram alguns dos assuntos discutidos. Por fim, a diretora fez uma explanação oral onde explicou a metodologia de implantação dos indicadores de qualidade da educação infantil.
“Foi um momento muito rico e proveitoso. Uma de nossas metas para 2018 é incluir esses encontros no calendário permanente da Educação Infantil. Alguns de nossos Cmeis, mesmo sendo denominados creches, não possuem a prática de trabalhar com crianças com menos de um ano. Por isso, já redefinimos o atendimento das crianças para a partir dos 6 meses, mas havendo necessidade de alguma família, atenderemos até recém-nascidos”, informa Angelina Araújo, coordenadora de Ensino Infantil da Semed.
O Cmei Elza Lira é a creche mais antiga da rede. A unidade possui 40 anos de funcionamento e realiza um trabalho reconhecido por sua excelência.
Eduardo Araújo (estagiário) – Ascom Semed

Semed garante assistência escolar a crianças com microcefalia

Grupo Ciranda do Cuidado esteve presente na reunião.
Os familiares de crianças com microcefalia nascidas em Maceió participaram, na última terça-feira (09), de uma reunião onde foram abordadas estratégias de inclusão educacional. O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Na ocasião, estiveram presentes membros do grupo Ciranda do Cuidado, que reúne pais e responsáveis pelos bebês acometidos pela síndrome, além dos representantes das coordenações de Educação Especial, Informação e Avaliação e Educação Infantil da Semed. A discussão aconteceu em torno das formas pelas quais a secretaria garantirá a formação educacional para essas crianças, desde a matrícula à conclusão do ensino fundamental.
“No primeiro momento, está sendo feito o planejamento das metodologias que serão empregadas nas escolas, como o atendimento às mães e encaminhamento dos alunos às unidades de ensino, mas também discutimos a capacitação de professores e demais técnicos da educação”, informou a diretora de gestão educacional da Semed, Maria José Pereira.
Ela também falou sobre a importância da inclusão dessas crianças no âmbito escolar. “Esse é um direito que não pode ser negado a elas, por isso, o compromisso da Semed é garantir que recebam a assistência necessária para uma formação educacional de qualidade”.
Vale ressaltar que as crianças portadoras da síndrome congênita causada pelo zika vírus já contam com importante iniciativa na assistência à saúde e apoio psicossocial através da SMS.
Eduardo Araújo (estagiário) – Ascom Semed

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Confira locais para realização da pré-matrícula on-line

Alunos da Escola Municipal Pedro Suruagy. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
A Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai disponibilizar 15 polos para a realização da pré-matrícula de novos alunos da Rede Municipal de Ensino. Esses lugares serão distribuídos de acordo com a necessidade da região. O processo será feito inteiramente on-line, pelo site da Prefeitura de Maceió no período de 22 a 28 de janeiro de 2018.

De acordo com o coordenador-geral de Informações e Avaliação Escolar, Roberval Ferreira, é preciso ficar atento com o prazo e os documentos necessários para a pré-matrícula. “Os responsáveis devem prestar bastante atenção com o tempo da pré-matrícula, pois não iremos prorrogar. Para fazer o cadastro, é necessário ter em mãos dados essenciais da criança, além dos nomes oficiais das três escolas de seu interesse”, informou.


A distribuição dos estudantes acontecerá observando critérios como a existência de vaga na escola pretendida, idade certa para a etapa/ano, a necessidade de o aluno precisar de atendimento educacional especializado ou já ter irmão/irmã na escola selecionada em uma das três opções.
Efetivação da matrícula
Entre os dias 03 e 09 de fevereiro, os pais ou responsáveis legais deverão acessar o site da Prefeitura para consultar a unidade escolar em que o estudante foi alocado, assim como a data e o local de efetivação da matrícula. Em seguida, devem dirigir-se à escola designada para o estudante munidos dos documentos necessários para a matrícula. O início do ano letivo será no dia 19 de fevereiro nas unidades escolares que concluíram o calendário de 2017 até 20 de janeiro de 2018.
Pontos para a pré-matrícula
Escola Municipal Maria José Carrascosa;
Escola Municipal Rui Palmeira;
Escola Municipal José Carneiro;
Escola Municipal Tradutor João Sampaio;
Escola Municipal Hermínio Cardoso;
Escola Municipal Dom Hélder;
Escola Municipal Lamenha Lins;
Escola Municipal Pompeu Sarmento;
Escola Municipal Paulo Bandeira;
Escola Municipal Pedro Suruagy;
Escola Municipal Carmelita Gama;
Escola Municipal Jaime Miranda;
Centro Municipal de Educação Infantil Heloisa de Gusmão;
Centro Municipal de Educação Infantil Hebert de Souza;
Secretaria Municipal de Educação (Semed) – Cambona. 

Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

Mais de 50 estudantes da Rede Municipal são aprovados no Ifal

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) comemora a aprovação de 52 alunos de 13 escolas da Rede Municipal no Instituto Federal de Alagoas (Ifal). Nesta quarta-feira (20), pais e alunos da Escola Kátia Assunção festejaram a vitória dos 11 estudantes selecionados. O encontro aconteceu na Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT).

A programação teve início com um discurso da vice-diretora Layde Soares que agradeceu o esforço de todos que participaram da seleção. Na oportunidade os alunos aprovados receberam um diploma como lembrança pela conquista.
“De 17 alunos inscritos no processo seletivo, foram selecionados 11 estudantes. Esse resultado é bastante satisfatório, pois todos os esforços valeram. Os professores se empenharam muito para isso acontecer, fizemos aulões de Língua Portuguesa e Matemática para ajudar todos os alunos. Sempre que possível tentávamos pegar algumas questões de anos anteriores do Ifal para aplicá-las em simulados”, explicou Layde.
Gabriel Augusto ficou em 3º lugar no curso de Edificações. “Consegui essa colocação pelo meu esforço e comprometimento dos professores. Fiz de tudo para passar nesse curso e acabei ficando em uma ótima colocação”, disse.
Os demais estudantes passaram nos cursos de Edificações, Estradas, Mecânica e Química.
Relação das escolas com alunos aprovados no Ifal
Escola Municipal Kátia Assunção;
Escola Municipal Antidio Vieira;
Escola Municipal Haroldo da Costa;
Escola Municipal Jaime Miranda;
Escola Municipal João Sampaio;
Escola Municipal Arnon de Mello;
Escola Municipal Hévia Valéria;
Escola Municipal Neide França;
Escola Municipal Padre Pinho;
Escola Municipal Pio X;
Escola Municipal Pompeu Sarmento;
Escola Municipal Silvestre Péricles;
Escola Municipal Zumbi dos Palmares.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed