quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Comissões eleitorais de escolas participam de formação


Os representantes das comissões eleitorais das escolas que terão eleição para diretor das escolas municipais da Rede Municipal de Educação participaram de uma formação na manhã desta quinta-feira (21), no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A atividade é uma iniciativa da Comissão Eleitoral Central (CEC) e objetiva esclarecer dúvidas, informar sobre o passo a passo do processo eleitoral e capacitar os membros das escolas a conduzir o pleito, marcado para o dia 30 de novembro, em 24 unidades de ensino.
De acordo com o presidente da CEC, Antônio Benedito de Barros Filho, a formação se baseia nas informações que constam no regulamento do pleito, definido pela Comissão Eleitoral. “Esse é mais um momento de aprendizado, porque estamos tirando todas as dúvidas, esclarecendo pontos que tenham questionamentos e apresentamos o calendário do pleito”, afirmou.
Ainda de acordo com Barros, durante a formação também houve a apresentação de todo o calendário definido pela CEC, a exemplo do período para o registro de candidaturas, o prazo para a campanha e a forma como deve ser conduzida a campanha eleitoral.
A segunda-secretária da Comissão Eleitoral Central, Rosilene Alves, destacou que a votação é feita de forma paritária, ou seja, os votos são contados individualmente, sem diferença de peso entre as categorias habilitadas a participar do pleito. Ainda conforme Rosilene, poderão votar os pais de alunos ou responsáveis, professores, funcionários administrativos e os alunos com mais de 16 anos de idade, matriculados até 27 de outubro de 2017 e que estejam incluídos no Sistema para Administração e Controle Escolar (Sislame).
O regulamento que rege o pleito define o período de 16 a 27 de outubro para construção da lista de votantes, o dia 31 de outubro para entrega dessa lista, inscrição de candidatos e recebimento do projeto de gestão pela Comissão Eleitoral Central nos dias 10 e 11 de novembro e período oficial de campanha entre os dias 1º e 24 de novembro. A eleição acontece no dia 30 de novembro, durante todo o dia e a apuração acontece em seguida. A nomeação dos diretores e vice-diretores eleitos para o mandato de três anos está prevista para o dia 15 de dezembro.
Delane Barros/ Ascom Semed

Prefeito Rui Palmeira visita Cmei em Riacho Doce


O prefeito Rui Palmeira visitou, nesta quinta-feira (21), o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Benevides Epaminondas da Silva, localizado em Riacho Doce, no Litoral Norte. Recentemente, a unidade de ensino recebeu melhorias em toda estrutura, para o conforto de estudantes e servidores. A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea e o vice-prefeito Marcelo Palmeira também estiveram na ocasião.
Rui Palmeira visita o Cmei Benevides Epaminondas da Silva, no Riacho Doce.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
Os reparos no Centro foram realizados com recursos próprios do Município e custaram R$ 128,9 mil. A reforma contemplou pintura, retelhamento, reconstrução da parte elétrica e hidráulica, revisão de esquadrias, revisão da coberta e revestimento de cerâmica em salas e na cozinha.
Rui Palmeira visita o Cmei Benevides Epaminondas da Silva, no Riacho Doce.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
“No Litoral Norte existe uma carência desse tipo de centro, por isso temos projetos para a criação de mais um Cmei em Ipioca, mas enquanto isso não acontece, estamos reformando os que já existem. Nós conseguimos, nesses quase cinco anos, chegar ao número de 100 escolas com reformas, de um total de 136 escolas na Rede Municipal de Ensino”, lembrou Rui Palmeira.
Rui Palmeira visita o Cmei Benevides Epaminondas da Silva, no Riacho Doce.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
O Cmei do Riacho Doce atende 120 crianças de 2 a 5 anos, possui oito turmas e quatro delas funcionam em tempo integral.
Rui Palmeira visita o Cmei Benevides Epaminondas da Silva, no Riacho Doce.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
O vice-prefeito Marcelo Palmeira ressaltou a importância do trabalho para as crianças e funcionários do Centro.  “As melhorias são importantes e as crianças agradecem. Essa é a primeira reforma do local, que desde 2007 não recebia nenhuma melhoria estrutural”, evidenciou.
Todo o espaço do Cmei foi ampliado e colorido, dando vida aos locais de educação e lazer. Hoje o prédio conta com novas salas de repouso, para mais de 60 crianças que permanecem no local em tempo integral.
Rui Palmeira visita o Cmei Benevides Epaminondas da Silva, no Riacho Doce.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
“As antigas creches, agora denominadas Centro Municipal de Educação Infantil, oferecem um serviço para crianças que vão além da idade da creche, recebendo crianças a partir de 6 meses até os 5 anos de idade”, disse a secretária Ana Dayse Dorea.
A diretora do Centro, Joselma Mesquita, também comemorou as melhorias estruturais. “A reforma deu um olhar colorido ao Cmei, retratando a beleza da infância com a nova pintura. Ganhamos também uma nova área de lazer, que é o tanque de areia para as crianças, além do refeitório que não tínhamos”, destacou a educadora.

Camila Barbosa (estagiária) e Cayo Borges/ Secom Maceió

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Semana de Trânsito: crianças participam de ação educativa


Crianças da Escola Municipal Radialista Edécio Lopes
participam de ação educativa na Semana Nacional do Trânsito
Alunos da Escola Municipal Radialista Edécio Lopes, do bairro do Pinheiro, visitaram a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) nesta quarta-feira (20). Durante a visita, que fez parte da programação da Semana Nacional do Trânsito, as crianças participaram de ação educativa com vídeos sobre trânsito e dinâmicas, além de apresentar o funcionamento dos setores do órgão.

“É muito gratificante quando a gente faz essa ação com as crianças que puderam conhecer mais de perto a contribuição da SMTT para a sociedade. Tivemos a oportunidade de entender como é o funcionamento do sistema de monitoramento viário e a necessidade da parceria pedestre, ciclista e motorista em busca de uma constante boa convivência no trânsito”, destaca a professora Ana Patrícia.
Crianças conheceram uma das viaturas de fiscalização de trânsito da SMTT
Os alunos também receberam orientações acerca dos cuidados que devem ter como pedestres e futuros condutores. Eles conheceram uma viatura utilizada pela SMTT para a fiscalização diária do trânsito, além da importância sobre o uso do cinto de segurança nos veículos.
“As crianças ficaram muito atentas à explicação sobre o funcionamento de uma viatura e o trabalho de fiscalização nas ruas. No monitoramento viram as câmeras e não sabiam que a Prefeitura tinha esse controle. Certamente esse conhecimento servirá para alertá-las sobre a importância de um trânsito seguro”, explicou o agente de fiscalização Bruno Costa.
Sala de videomonitoramento despertou curiosidade das crianças
Nesta quinta-feira
 A Semana Nacional de Trânsito da SMTT segue nesta quinta-feira (21) com uma ação no Terminal Integrado do Benedito Bentes. Educadores de trânsito da SMTT, em parceria com as empresas de transporte e com o Sest/Senat, levarão o Circuito Saúde ao local para trabalhar com motoristas e agentes de bordo que trabalham nas linhas que operam no Benedito Bentes, levando também orientações sobre o trânsito aos profissionais.
Ascom SMTT

Crianças são orientadas para transitar com segurança nas ruas

Cerca de 50 alunos da Escola Municipal Edécio Lopes visitaram, nesta quarta-feira (20), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). A visita faz parte da programação do projeto Guarda Faz Escola, que em função da Semana Nacional do Trânsito orienta as crianças sobre a importância da educação no trânsito.

A visita contou com um tour pela superintendência. Na sede da SMTT, as crianças puderam observar cada área da sede, carros utilizados em operação e o monitoramento da cidade.
O projeto é uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semed), em conjunto com a Guarda Municipal e a SMTT, para promover entre os alunos conhecimentos e cuidados diante do trânsito e a melhor forma de se posicionar como pedestres.
A diretora de Educação e Mobilidade Urbana, Juliana Normandi, informou que, sempre quando acontece a Semana Nacional de Trânsito, a Guarda Municipal e a Semed proporcionam aos alunos visitas monitorada à SMTT. “Esse evento faz com que sempre os jovens vejam a necessidade de tomar os devidos cuidados com relação ao trânsito”, disse ela.
Na sexta-feira, 22, mais 120 alunos do Centro Pedagógico Menino Jesus, visitarão a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, para receber as mesmas informações e participar de dinâmicas.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

Prefeito Rui Palmeira visita Cmei em Riacho Doce nesta quinta


O prefeito Rui Palmeira e a secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, visitam nesta quinta-feira (21), às 09 horas, o Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Benevides Epaminondas da Silva, localizado em Riacho Doce, que recebeu melhorias em sua estrutura.
As obras de reparo custaram R$ 128,9 mil. O Cmei atende 120 crianças de 2 a 5 anos, possui oito turmas e quatro delas funcionam em tempo integral.
Os reparos contemplaram pintura, retelhamento, reconstrução da parte elétrica e hidráulica, revisão de esquadrias, revisão coberta e revestimento de cerâmica em salas e na cozinha.
A unidade também recebeu novos espaços como o refeitório e a mudança da cozinha e despensa. Para atender melhor as necessidades das crianças, a cozinha mudou de local sendo construído um novo espaço totalmente adequado às condições exigidas pelo setor de nutrição escolar. Também foram construídos uma despensa e uma varanda no local da nova cozinha para evitar o calor que pode estragar os alimentos.
Visita
Local: Rua Boa Vista, nº 1585, Riacho Doce;
Ponto de Referência: O Cmei está localizado depois da pracinha de Riacho Doce.
Janaina Farias/ Ascom Semed

Mais Educação: Semed prepara 6ª edição do Soletrando


A Coordenação de Programas Suplementares da Secretaria Municipal de Educação (Semed) reuniu gestores e articuladores escolares, nessa terça-feira (19), para planejar a realização do 6º Soletrando. A formação foi realizada no auditório Paulo Freire, na Semed, e este ano tem como temática principal os folguedos alagoanos, intitulado 200 anos de Alagoas.
O Soletrando da Rede Municipal de Ensino já está em sua sexta edição e baseia-se na mesma dinâmica do modelo nacional do programa de televisão que reconhece os aspectos gramatical e de uso das palavras, assim como suas definições e aplicações nas frases. Nesta edição participam do Soletrando 2.500 alunos de 3º e 5º ano de 29 escolas da Rede. Todos osa alunos participantes receberão medalha e os primeiros lugares ganharão prêmios.
De acordo com a coordenadora de Programas Suplementares, Edileuza Maciel, o intuito do soletrando é fazer com que as crianças consigam desenvolver o gosto pela leitura e entender a importância dos livros. “Irão acontecer visitas escolares, para poder ajudar ainda mais o entendimento com relação aos folguedos, passando para os alunos os mesmos assuntos que foram dito nesta manhã”, detalhou.
A coordenadora explica que além da palestra que ocorreu nessa terça-feira, os técnicos irão percorrer as escolas participantes para interagir com os estudantes e integrá-los ao tema e suas curiosidades.
O encontrou contou com uma palestra da professora de Arte e Cultura, Socorro Monteiro, sobre os folguedos e folclore alagoano. “O nosso folclore tem um diferencial, ele consegue ser desenvolvido através de histórias contadas pelas pessoas e vai passando de pai para filho de maneira hereditária.  É o que diferencia de outras culturas, que só conseguem ser transmitidas através de meios de comunicações”, explicou a palestrante.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Escola Rui Palmeira festeja 50 anos com programação especial


Escola Rui Palmeira. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió
A direção da Escola Municipal Rui Palmeira, uma das mais antigas da Rede Municipal de Ensino, elaborou uma programação especial para lembrar o jubileu de ouro da unidade. Ao completar 50 anos de atividade, a comunidade escolar participa de um projeto que objetiva desenvolver o resgate histórico da escola com ênfase no olhar dos alunos. A grande festa que celebra os 50 anos será realizada no dia 28 de setembro, na própria escola.

De acordo com a direção da unidade, as atividades vão levar o alunado a refletir sobre as mudanças que se deram com o passar do tempo, tanto na estrutura física quanto nas modalidades de ensino.
Para a realização do projeto, os alunos estão sendo estimulados à produção textual, de tabelas, gráficos e linha do tempo para situar a participação da Rui Palmeira no ensino, sua importância no processo educacional e a construção da cidadania. “Nós começamos a programação comemorativa com um evento sobre saúde bucal, com a participação de diversos profissionais de Saúde e da Educação. Também teremos apresentações culturais e teatrais e gincanas de conhecimentos para agregar a participação de toda a comunidade da escola”, informou a diretora da unidade, Maria Aparecida Paciência Torres.
Ainda como parte da programação especial, no próximo dia 25 serão realizadas oficinas temáticas, intituladas “Acolhimento à vida, aborto não” e “Bebês contanto histórias na barriga da mãe”. No dia seguinte, será a vez das gincanas artística e cultural. No dia 28, acontece a solenidade oficial que marca o aniversário de 50 anos da Escola Rui Palmeira, na própria unidade, com a participação de representantes do poder público e ex-alunos, a exemplo do cantor Eliezer Setton. “Com certeza, será um momento de grande emoção para todos os que fazemos a comunidade, tanto da escola em si, quanto do seu entorno”, disse Maria Aparecida.
O encerramento da programação está marcado para o dia 29 próximo, quando acontecerá a caminhada pelas ruas do bairro do Vergel do Lago, onde funciona a ilustre aniversariante, com o tema “Vida sim, aborto, não”.
A Escola Municipal Rui Palmeira está localizada na Avenida Monte Castelo e atende alunos do 1º ao 5º ano. Até a década de 1990 e por vários anos, a escola chegou a ser considerada a maior da Rede de Ensino da capital em número de alunos. A história da escola está intimamente ligada à capital alagoana. Ela foi inaugurada no dia em que se comemora a Padroeira da cidade, Nossa Senhora dos Prazeres, em 27 de agosto.
Delane Barros/ Ascom Semed