segunda-feira, 24 de abril de 2017

Confira resultado da pré-matrícula de escolas em calendário especial


Sala de aula – Escola Zumbi dos Palmares.
Foto:Marco Antônio/Secom Maceió
Pais e responsáveis que inscreveram seus filhos no pré-matrícula online em busca de vagas nas seis escolas em calendário especial da Rede Municipal de Ensino já podem fazer a consulta para saber se foram contemplados. Para conferir o resultado, basta acessar o site sislameal.caedufjf.net  utilizando o CPF cadastrado. O prazo para consulta e efetivação da matrícula na escola vai até a próxima quinta-feira (27).
Foram oferecidas 908 vagas para novos alunos, divididas em 520 para Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai) e 388 para o Ensino Fundamental do 1º ao 5º anos. A oferta foi apenas para as seis escolas municipais que estão em calendário especial – Dom Miguel Fenelon Câmara, Hermínio Cardoso, Maria de Fátima Lira, Petrônio Viana, Walter Pitombo Laranjeiras e Zumbi dos Palmares.
Para efetivar a matrícula do aluno, o responsável precisa ir até a escola onde ele conseguiu a vaga e levar seu CPF e RG, comprovante de residência, cartão do Bolsa-Família, comprovante de escolarização, cartão SUS, cartão de vacinação para crianças até 7 anos, declaração ou histórico escolar para vagas a partir do 2º ano, certidão de nascimento, duas fotos 3×4, além do CPF do estudante.
Erick Nogueira – Ascom Semed

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Servidores em processo de aposentadoria recebem orientações


Encontro com servidores em processo de aposentadoria.
Foto: João Oliveira

Servidores em processo de aposentadoria da Cia Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio (Comarhp) lotados na Semed receberam nesta quinta-feira (20) orientações sobre a etapa deste processo.

O objetivo do encontro foi proporcionar um momento de interação e descontração entre os servidores. O encontro foi dividido em três partes: primeiro, foi apresentado o cronograma de apresentação dos servidores aposentados. No segundo momento, houve dinâmica em grupo e para finalizar, foi lido um texto intitulado “Acreditar na vida”.
Segundo a técnica da Coordenação Geral de Gestão de Pessoas Michelline Calheiros,  no encontro, os colaboradores expressaram como estão se sentindo por estarem se aposentando. Foi criando um momento de interação, de alegria e de agradecimento por eles terem contribuído tanto com as escolas.
Os servidores tiveram no mínimo 30 anos de contribuição com o Município e todos estavam ativos. Eles trabalharam nas funções de vigilantes, porteiros e serviços gerais.
A servidora Maria Piedade da Silva, do Centro Municipal de Educação Infantil, José Maria de Melo, afirmou o que sentiu em contribuir todos esses anos com a rede municipal de ensino. “Tudo o que fiz foi com muito carinho, trabalho e dedicação. Amo o que faço. O trabalho é o meu prazer, mas estou feliz por me aposentar”, comentou.
Thais Lins (Estagiária) – Semed

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Educação Infantil debate Orientações Curriculares



Gestores e coordenadores das instituições de educação infantil da rede municipal de Educação participaram do VI Encontro Formativo que abordou o eixo Espaço, Tempo e Materiais, parte integrante do ciclo de formações da implantação das Orientações Curriculares da Educação Infantil, lançada em 2015. O encontro foi realizado no auditório Paulo Freire, na Secretaria Municipal de Educação (Semed), durante a manhã e tarde desta terça-feira (18).
A oportunidade prioriza a troca de experiências através do diálogo contínuo. Para reforçar a temática abordada na formação, o momento contou com a participação do professor do Setor de Estudos da Educação Infantil da Ufal, Cleriston Izidro dos Anjos, que fomentou a discussão e trouxe problemáticas para serem debatidas em conjunto, além de um questionário de acompanhamento para socialização de ideias.
“O Projeto Político Pedagógico representa a identidade da instituição e precisa ser pensado coletivamente. O que queremos é mostrar a importância dos gestores, coordenadores e professores nesse processo de implantação para que eles se capacitem e sintam-se mais seguros para aplicar os conhecimentos construídos e compartilhados”, esclarece Cleriston.
Em formações anteriores foram debatidos os eixos: Documentação, Relação adulto criança, Relação escola comunidade e Transição para o ensino fundamental. O encontro de hoje encerra o ciclo inicial de formações dos cinco eixos. No entanto, no decorrer do ano outras formações secundárias serão propostas no intuito de revisar alguns eixos e esclarecer dúvidas.
Thiago Guimarães / Ascom Semed

Secretários escolares participam de formação sobre frequência


A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Coordenação de Apoio Social e Frequência Escolar, promoveu, nesta quarta-feira (19), capacitação com os secretários escolares e auxiliares administrativos da Rede que são responsáveis pelo preenchimento da frequência escolar dos alunos beneficiários do Programa Bolsa Família.

A capacitação tem o intuito de instruir os funcionários a respeito do preenchimento correto do formulário, que serve de instrumento para validar a continuação do recebimento do benefício por parte das famílias. No encontro, os secretários escolares informaram suas dificuldades, tiraram dúvidas, deram sugestões e receberam orientações sobre o formulário.
“Essa formação surgiu da demanda que visualizamos de que muitas escolas não preenchiam corretamente este formulário. Ele é um documento simples, que deve ser enviado pelas escolas bimestralmente, de acordo com o cronograma do Ministério da Educação. Existem dois percentuais de frequência de acordo com a faixa etária do aluno – aqueles que têm de 8 a 15 anos devem ter no mínimo 85% de frequência. Já os alunos de 16 e 17 anos devem frequentar no mínimo 75% das aulas. Acontece que as faltas não estavam sendo registradas e quando o eram, não registravam o motivo, que também é solicitado no formulário”, explica a coordenadora do setor de Condicionalidade da Educação de Programa Bolsa Família, Aucione Albuquerque.
A coordenadora explica que é necessário o professor buscar saber o motivo da falta dos alunos e, se houver algum problema, que este motivo seja repassado ao setor de serviço social da escola ou da Semed para tentar solucionar a situação. “Esse é o primeiro passo para que o formulário seja devidamente preenchido e para que a gente possa ter a real informação sobre a infrequência escolar, para que, desta forma, possamos desenvolver ações que busquem reduzir a evasão escolar”. Além disso, Aucione destaca os pais também devem estar atentos à frequência do aluno e procurar a escola para acompanhar o desenvolvimento escolar de seus filhos.
Amanda Bezerra (estagiária) / Ascom Semed

Parceria garante atenção especializada a alunos com deficiência


Reunião com instituições que realizam Atendimento Educacional Especializado Educação de Jovens e AdultosFoto: Janaína Farias – Ascom Semed
A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, recebeu terça-feira (18) representantes de instituições não governamentais que prestam serviço de Atendimento Educacional Especializado (AEE) para alunos da rede. No encontro, foi definida a renovação do convênio que garante a continuidade dos serviços, tendo em vista o aumento do número de matrículas de alunos com deficiência no Município.

Dados da Coordenação Geral de Educação Especial da Semed mostram que há mais de 3 mil alunos com algum tipo de deficiência matriculados em escolas municipais de Maceió.
Reunião com instituições que realizam Atendimento Educacional Especializado Educação de Jovens e AdultosFoto: Janaína Farias – Ascom Semed
Na reunião, representantes das instituições da Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (Aappe), Associação Pestalozzi de Maceió, Família Dow (FamDown) e Fundação Casa do Especial (Funcae) apresentaram relatório das atividades desenvolvidas desde 2015 e seus resultados, como parte do compromisso assumido por meio do convênio.
Essas instituições atendem cerca de 950 alunos de 73 escolas da rede com alguma deficiência – deficiência intelectual, autismo, deficiência auditiva, síndrome de Down, deficiência múltipla e deficiência física. Destes, 290 são alunos de escolas polo da Educação de Jovens e Adultos (Ejai).
A secretária de Educação destaca os avanços da rede municipal no atendimento a esse público. Para ela, a matrícula online ampliou o acesso à escola para alunos com deficiência. “Saímos de uma matrícula que não tinha segurança nos dados e quatro anos depois, após a implantação da matrícula online, sentimos um aumento imenso de alunos com deficiência matriculados na rede. O relatório mostrou que houve progresso. Estamos no caminho certo, temos avançado, mas precisamos avançar ainda mais”, afirma.
A coordenadora Geral de Educação Especia da Semed, Ubiratânia Amorim, informou que existe a possibilidade de aumentar esse atendimento. “A procura tem sido cada vez maior. Esses meninos e meninas, que vivam em casa, agora vão à escola, atividade necessária para que eles tenham autonomia e deem continuidade a sua vida escolar”, salientou.
A coordenadora informou que devido ao aumento da procura pelo serviço, a Semed está ampliando o número de salas de recursos e se preparando para a contratação de estagiários para atuar no apoio de sala nas escolas regulares.
A vereadora e membro da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Municipal de Maceió, Teresa Nelma, participou do encontro, que também reuniu coordenadores e técnicos da Semed.
Janaina Farias – Ascom Semed

Maceió recebe Jornada Internacional de Educação Infantil


Está confirmada para os dias 25, 26 e 27 de maio, em Maceió, a I Jornada Internacional sobre a formação de professores de Educação Infantil e o III Encontro da Rede de Educação Infantil da Ufal: diálogos entre teorias e práticas. Esta é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa Educação Infantil e Desenvolvimento Humano da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e deverá reunir pesquisadores, docentes e alunos da graduação e pós-graduação e profissionais para um diálogo em torno das questões que atingem a formação dos profissionais da educação infantil.
Alunos do Cmei Pompeu Sarmento.
Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió
Na programação, constam conferências, mesas-redondas, oficinas, exposições e apresentações culturais. O evento conta com apoio das Secretarias municipal e estadual de Educação e Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado (Fapeal). Podem participar o público em geral interessado na temática a ser abordada, além de estudantes e pesquisadores. O público-alvo é formado por educadores e pedagogos em geral.

Os eixos-temáticos do evento são a educação infantil no curso de pedagogia, estágio na formação do professor de educação infantil, arte e as linguagens expressivas na formação inicial infantil, escuta das crianças e a formação do professor de educação infantil e corpo, gênero e sexualidade na formação docente em educação infantil.
A I Jornada Internacional sobre a formação de professores de Educação Infantil e o III Encontro da Rede de Educação Infantil da Ufal terão todas as atividades desenvolvidas no campus da Universidade, no Tabuleiro. As inscrições já podem ser feitas até o dia 25 de maio, no endereço eletrônico http://redeeiufal.com.br/.
Delane Barros/ Ascom Semed

terça-feira, 18 de abril de 2017

Escola Antídio Vieira recebe o programa Cidadania e Justiça


Juiz André Gêda Peixoto Melo no projeto
Cidadania e Justiça na Escola

Os alunos das turmas do 8º e do 9º anos da Escola Municipal Antídio Vieira foram contemplados pelo projeto Cidadania e Justiça na Escola. O juiz André Gêda Peixoto Melo abordou o tema relacionado às formas de combate ao bullying na comunidade. O projeto é fruto de uma parceria entre a Escola Superior da Magistratura do Estado (Esmal) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e promove palestras uma vez por mês, em uma escola escolhida pelo município, em cada uma das regiões administrativas.
Além da Antídio Vieira, também são atendidas pelo programa as escolas municipais João Sampaio, Kátia Assunção, Haroldo da Costa e Padre Pinho. “Sempre são abordados temas de interesse da comunidade estudantil. Esse mês, a temática será o bullying”, é o que informa Deana Correia, técnica da Coordenadoria Geral de Programas e Projetos Educacionais da Semed. A próxima etapa do programa acontecerá na terça-feira (25), na escola Haroldo da Costa.
Ascom Semed/ Delane Barros