quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Projeto apresenta dados de análise espacial de escolas

Foram divulgados nesta quarta-feira (22), no auditório do Centro Universitário Tiradentes (Unit), os primeiros dados obtidos na Análise Espacial das Escolas Municipais de Maceió. Com o tema “Contribuições para o alcance do Objetivo 4 da Agenda 2030: equidade, inclusão, qualidade e inovação”, o encontro foi promovido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento (Pnud) e apoio da Unit e do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP).

Reunião aconteceu no auditório da Unit
As pesquisas de campo contaram com a participação de alunos, gestores, professores e pais de 91 escolas do ensino fundamental. No total, foram aplicados mais de 3.500 questionários. Com essas informações, será produzido um Atlas contendo imagens e dados educacionais primários e secundários das escolas do município, que, aliado aos indicadores sociais mais relevantes dos territórios analisados, ajudará na compreensão do que impacta no desenvolvimento e na melhoria da educação básica.

Apresentação de projeto aconteceu na Unit
A coordenadora-geral do Projeto Semed/Pnud Rita Ippolito destaca a importância do estudo para se ter um panorama multidisciplinar dos processos educacionais do município.”Para nós do Pnud, esse trabalho é fundamental. Ele representa aquilo que está em nosso objetivo, que é auxiliar a criar, em conjunto com a Semed, formas ainda mais eficazes de gerir a educação básica em Maceió”, disse.

Elisangela Mercado, presidente do Conselho Municipal de Educação, frisa o quanto alinhar os objetivos da Agenda 2030 ao Plano Municipal de Educação trará solucções para o desenvolvimento de medidas eficazes de monitoramento e avaliação. “A aplicação dessa metodologia garante o respeito ao direito à educação”, afirmou.
Na ocasião, também estiveram presentes a secretária municipal de Educação Ana Dayse Dorea, o assessor da Prefeitura de Maceió, Manoel Messias, a secretária mirim de Educação por um dia, Keyla Oliveira, a coordenadora local do Projeto, Paola Barbieri, o pesquisador Ajibola Badiru, a coordenadora-geral de Gerenciamento Escolar, Marta Palmeira, toda a equipe de supervisão escolar e representantes das demais instituições envolvidas no estudo.
Eduardo Araújo (estagiário)/ Ascom Semed

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Aluna da Escola Zumbi dos Palmares é empossada secretária mirim


A secretária mirim Luize Keyla Oliveira, da Escola Municipal Zumbi dos Palmares,
com a secretária Ana Dayse. Foto: Ascom Semed
A estudante Luize Keyla da Silva Oliveira, de 14 anos, do 9º ano da Escola Municipal Zumbi dos Palmares, foi empossada, simbolicamente, secretária mirim de Educação de Maceió. O ato aconteceu nesta quarta-feira (22), na sede da Prefeitura de Maceió, dentro da programação do Criança no Controle, iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para celebrar a passagem do Dia Mundial do Direito da Criança, cuja data oficial é 20 de novembro.

Foram selecionados 11 alunos das Redes Municipal e Estadual de Educação para participar do evento, representando o prefeito, secretárias e parlamentares. A escolha dos alunos seguiu como critérios o comportamento em sala de aula, boas notas, espírito de liderança e a boa relação com as pessoas.
Luize Keyla Oliveira foi selecionada para representar a secretária Ana Dayse
no evento Crianças no Controle. Fotos: Ascom Semed
A programação teve início às 9h, com a reunião de posse, conduzida pelo prefeito em exercício Marcelo Palmeira. O evento prosseguiu com a distribuição de atribuições entre os alunos. Akysson Hasller, da Escola Estadual Padre Cabral, tomou posse como prefeito de Maceió. Em seguida, foi nomeada a secretária da Educação, Luize Keyla, e demais autoridades mirins. Após a reunião, cada aluno recebeu o certificado de posse e em seguida foram direcionados para realização de atividades com o respectivo gestor representado.
A secretária mirim de Educação acompanhou a titular da Educação de Maceió, Ana Dayse Dorea, nos compromissos oficiais. A primeira agenda foi a participação no Workshop de Geoprocessamento, no Centro Universitário Tiradentes (Unit), que retratou os resultados da análise das escolas municipais. À tarde, após pausa para o almoço, as gestoras participaram de reunião dos coordenadores, onde a aluna pode discutir e conhecer como funciona a Rede Municipal de Educação. Para conhecer o funcionamento prático de uma unidade escolar, a secretária mirim encerrou sua agenda com visita ao Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Sônia Maria Cavalcante. Na oportunidade, conversou com diretores, professores e pequenos alunos.
Luize Keyla acompanhou a secretária Ana Dayse a reunião
com coordenadores da Educação. Fotos: Ascom Semed
Para Ana Dayse, ações como o Criança no Controle ajudam as crianças a formar a cidadania, porque eles se posicionam como atores principais, observam o que é ser um prefeito e um secretário na íntegra. “Hoje é um dia de mostrar a importância da opinião e da autoridade de cada criança. O município fica muito feliz por esse protagonismo infantil. Eles vão passar o dia vendo como é o dia de um parlamentar e como é o dia a dia do Executivo para, quem sabe, despertar novos autores desse processo. Eles estão em formação para isso”, ressaltou a secretária Ana Dayse.
Luize Keyla encerrou sua agenda como secretária mirim
com visita a Centro Municipal de Educação Infantil. Fotos: Ascom Semed
Luize Keyla disse que o projeto tem um grande significado para os alunos da rede, pois dá aos alunos a oportunidade de aprender como é feito o trabalho de pessoas que lutam pela melhoria do ensino. “Estou muito feliz por exercer esse papel, pois ser secretária de Educação é um papel muito importante para nosso município e a Educação é a forma de ter um futuro melhor”, comentou a estudante.
A secretária mirim disse que a função requer responsabilidade
e destacou a importância da Educação. Fotos: Ascom Semed
O especialista em Comunicação do Unicef Bruno Viécili explicou que o projeto tem a finalidade de possibilitar às crianças e adolescentes a conscientização de seus direitos. “Os alunos precisam entender o que é de fato ficar no controle, ver a situação da cidade onde vivem. Esse é o primeiro ano em que vamos comemorar o Dia Mundial do Direito da Criança, então precisamos plantar uma semente no pensamento de cada aluno para que nos próximos anos mais estudantes venham participar desta ação”, explicou.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Estudantes participam de festival de judô


Cerca de 800 alunos de 20 escolas da Rede Municipal de Ensino participaram, no último sábado (18), da VII edição do Festival de Judô do Programa Mais Educação. O torneio aconteceu noGinásio Tenente Madalena, localizado no bairro da Cambona, ao lado da sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A abertura contou com apresentação da bandada Escola Maria de Fátima Lira.

O evento teve início com um desfile dos estudantes. A programação teve continuidade com a exposição musical dos alunos 3° ao 4°ano da Escola Doutor José Carneiro, que mostraram canções que retratam a cidade de Maceió. Os estudantes do 3° ao 4°ano da Escola Dom Antônio Brandão fizeram uma dramatização utilizando o folguedo Guerreiro.
A coordenadora do programa Mais Educação da Semed, Edileuza Maciel, explicou a importância da prática do esporte para qualidade de vida. “Foi uma manhã maravilhosa, vimos a felicidade que esse festival trouxe e ensinamos a importância que o esporte pode fazer na vida de cada aluno”, disse.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Estudante será secretária municipal de Educação por um dia


Luize Keyla da Silva será a secretária mirim
de Educação de Maceió
A estudante Luize Keyla da Silva Oliveira, de 14 anos, do 9º ano da Escola Municipal Zumbi dos Palmares, será a secretária mirim de Educação de Maceió na próxima quarta-feira (22). A iniciativa marca a passagem do Dia Mundial do Direito da Criança, uma ação do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), cuja data oficial é 20 novembro. Em decorrência do feriado, a programação foi transferida para a quarta.

Logo pela manhã, às 8h, a secretária mirim será empossada pelo prefeito em exercício Marcelo Palmeira. Em seguida, participa de um lanche e, logo depois, segue com a secretária Ana Dayse Dorea nos compromissos oficiais. Após a saída do gabinete de Marcelo, o primeiro compromisso oficial é a participação em uma reunião na Universidade Tiradentes (Unit).
Além disso, secretária mirim e secretária municipal almoçam juntas e comandam agenda administrativa na sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A coordenadora do Programa e Projetos Educacionais da Semed, Virginia Ferreira, explica que a iniciativa do Unicef e encampada pela Prefeitura de Maceió é possibilitar aos menores a conscientização de seus direitos.
Ascom Semed

Semed realiza evento para socialização de pesquisa na Rede

Na próxima quarta-feira (22), a Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai realizar o encontro Primeiros Resultados da Análise Especial das Escolas Municipais de Maceió, no auditório do Centro Universitário Tiradentes (Unit). O evento acontece em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) e a Unit.

Durante o encontro serão socializados os resultados iniciais da análise das escolas que tem a finalidade de contribuir para o alcance do “Objetivo 4 da Agenda 2030: equidade, inclusão, qualidade e inovação”. Os resultados da análise serão apresentados aos secretários de educação de Maceió, gestores escolares, técnicos de planejamento, especialistas, parceiros, entre outros.
A socialização dos dados da pesquisa trará uma reflexão a partir de vários ângulos sobre a Educação do município. A pesquisa também vai contribuir para fortalecer os processos de planejamento, de avaliação e de gestão participativa na Rede Municipal de Educação de Maceió.
Ascom Semed

Escola Zumbi dos Palmares celebra o Dia da Consciência Negra

A Escola Municipal Zumbi dos Palmares, localizada no Conjunto Rosane Collor, celebrou nesta sexta-feira (17), o Dia da Consciência Negra, comemorado na próxima segunda-feira (20). As atividades contaram com o encerramento do Projeto Afro-indígena, que teve como tema “Que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz”. A ação contou com a participação de pais, alunos e da comunidade escolar, com apresentações culturais.

A programação teve a participação da banda de música da Polícia Militar, peça de teatro e recitações de poesias das turmas do 1º ao 4º ano. Os alunos do Programa Novo Mais Educação fizeram uma dramatização com o tema “Quem somos?”, que teve como foco principal promover uma reflexão sobre a identidade cultural da sociedade.
Segundo a coordenadora da escola, Luiza Roberta, o Projeto vem acontecendo durante todo o ano com trabalhos feitos em sala. “Fazemos essas ações todos os mês, com atividades que motivam os alunos a perceberem a importância do respeito à cultura afro. A escola está toda decorada com os trabalhos que foram produzidos por cada um dos alunos”, afirmou.

“Me sinto maravilhado, confesso que saio desse lugar revigorado com a certeza que estamos no caminho certo. Conseguimos mostrar a essas crianças a memória histórica, reforçar os laços culturais, e conseguimos aproximar ainda mais nossos estudantes da sua identidade cultural”, disse o coordenador de Arte e Cultura da Semed, Tércio Smith.

“Eu vou apresentar uma peça de teatro, que fala sobre a cultura afro-indígena para tentar mostrar a todos como é importante respeitar o próximo e sua identidade cultural”, contou Carlos Erick, estudante da Zumbi dos Palmares.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Município promove projeto de combate ao bullying nas escolas

Alunos do 1º ao 5 ºano da Escola Municipal Vereador Audival Amélio, no São Jorge, participaram do projeto de Combate ao Bullying na Escola, nesta terça-feira (14). A programação reuniu diversas oficinas sobre a diversidade étnico racial direcionado aos estudantes e pais presentes na unidade.
A ação tem o objetivo de ajudar os alunos a entender melhor o que é o bullying e quais as consequências que esta prática pode trazer para o cotidiano deles. Uma das atrações foi a biblioteca volante da Semed, “Estação Saber”, que levou a contação de histórias.
A programação seguiu com o quadro de acertos e erros, oficina de beleza da diversidade, tapete lúdico e cinema para as crianças. A ação teve continuidade durante a tarde para os pais, com a palestra da Juíza da 28ª Vara Cível, Fátima Pirauá, que falou sobre bullying.
Segundo a coordenadora de Centros e Núcleos da Semed, Ticyane Bentes, o projeto vem sendo apresentado desde janeiro com orientações através de vídeos, atividades pedagógicas e palestras para os professores. “Em novembro, colocamos em prática essa iniciativa com a ida às escolas e reforçando as atividades feitas em sala”, ressaltou.
Para a vice-diretora, Eliane Albuquerque, o projeto ajuda os alunos a ter respeitar pelo próximo. “Precisamos tocar na mesma tecla, constantemente, para conseguir conscientizar as crianças sobre o mal que o preconceito traz, além de tentar minimizar essa situação de bullying na escola e comunidade”, disse.
Stephanie Ferreira (estagiária) Ascom Semed

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Estudantes discutem meio ambiente e sustentabilidade

A Escola Municipal Silvestre Péricles, no Pontal da Barra, realizou, na tarde desta terça-feira (14), a etapa local da Conferência Pelo Meio Ambiente, que contou com a presença da técnica do Setor de Educação, Ambiente e Sustentabilidade da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Christiane Rodrigues.

“É um momento único e muito significativo, os alunos estão bem estimulados para pensar em novas atitudes na escola, na comunidade e no meio ambiente”, disse a diretora da escola, Izaura de Souza.
“Com o tema ‘Os 200 anos de Alagoas, que sociedade temos, que sociedade queremos’, a proposta foi que cada escola executasse um projeto dentro da sua comunidade e aqui foi trabalhado o tema ‘Laguna minha vida e o projeto Manifesto Sururu, a partir da percepção dessa realidade, os alunos e professores se transformam e nessa dialética transformam a realidade”, afirmou Dina Ávila, técnica pedagógica e da Formação Continuada Interdisciplinar do 6º ao 9º ano da Semed.
A Escola Municipal Silvestre Péricles, localizada na Praça Caio Porto, no Pontal da Barra, atende cerca de 400 alunos, do 1º ao 9º ano e Educação de Jovens, adultos e idosos, atendendo comunidades do Pontal da Barra, Trapiche e Vergel.
Ascom Semed

Alunos de projeto premiado recebem a visita da secretária de Educação

A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, acompanhada por técnicos da diretoria de Gestão Educacional, visitou,  na terça-feira(14), a Escola Municipal Rui Palmeira, localizada no Vergel do Lago.  A unidade completou, no mês de setembro, 50 anos de existência com prestações de serviços educacionais à comunidade local e adjacentes.

Na ocasião da celebração do jubileu de ouro, a escola festejou outro marco: a premiação nacional de uma das professoras desta unidade, no prêmio “Professores do Brasil”, categoria temas especiais. “Estava viajando a trabalhando na época do aniversário da escola, mas hoje estou aqui para parabenizá-los pelo trabalho desempenhado durante todos esses anos à frente da unidade escolar”, disse Ana Dayse.
Durante a visita, a secretária esteve em algumas salas e conversou com professores e alunos sobre a Prova Brasil, recentemente aplicada aos alunos dos 5º ao 9º anos da rede municipal. Na sala do 5º ano B, os alunos responderam em uma só voz que a prova tinha sido muito fácil, o que só aumentou positivamente a expectativa com relação ao rendimento dos alunos no Ideb por parte da professora da turma Zenilda Alves de Barros e da secretária Ana Dayse.
Mas foi na sala mais famosa da escola que a secretária recebeu uma atenção especial. Os alunos dos programas Se Liga e Acelera, da professora Avani Rodrigues, premiada na modalidade “Ensino Fundamental: Anos Iniciais: 4º e 5º ano”, no “Professores do Brasil, a recebeu com vários cartazes de “Abrace essa ideia”, remetendo ao projeto premiado, “Alagoas é Nossa”.
“O projeto é extremamente ousado, executado por uma professora comprometida, que tem demostrado toda sua vontade de melhorar a educação do Município. Nós testemunhamos o desempenho das crianças, o desabrochar delas: soltas, trabalhando, dançando, lendo e orgulhosas do que estão fazendo. Quero parabenizar, de uma forma muito especial, a diretora Maria Aparecida. Ter programas como esses, o Se Liga e o Acelera, é ter ciência de querer sempre melhorar o desempenho dos alunos da escola”, afirmou a secretária.
Ascom Semed/ Janaina Farias

Alunos de escolas da rede recebem premiação de concurso de redação

Cerca de 100 alunos dos 9º anos, de cinco escolas da Rede Municipal de Ensino, participaram nesta segunda-feira (13), da Premiação do Concurso de Redação promovido pelo Programa Cidadania e Justiça na Escola. A solenidade foi realizada no auditório da Escola Superior de Magistratura de Alagoas (Esmal).

A redação teve como tema “Mediação de Conflitos e Promoção da paz”, e buscou proporcionar aos estudantes uma boa relação dos direitos do cidadão. Das 30 redações selecionadas pelas escolas, três alunos da rede municipal foram premiados.
Os alunos que tiveram suas redações escolhidas foram respectivamente: Ana Carolina de Oliveira, da escola Antídio Vieira, ficou em primeiro lugar; Rayssa da Conceição, da escola Kátia Assunção, em segundo; enquanto Everton Júlio da Silva, da Antídio Vieira, em terceiro. Os alunos vencedores foram premiados com tablets.
O concurso teve como objetivo promover uma consciência crítica e reflexiva sobre os assuntos que foram expostos durante o ano de 2017. Entre os assuntos abordados estão temas como bullying, violência na escola, prevenção e combate ao uso de drogas, direitos e deveres do cidadão e outros, correlacionados com o universo juvenil.
Segundo a coordenadora do Programa e Projetos Educacionais, Virginia Ferreira, durante todo ano os nossos alunos dos 9º anos se prepararam para essa premiação. “Nesta cerimônia podemos presenciar um momento importantíssimos para nossos estudantes, onde irão receber brindes e, o mais importante, valorizar a importância de cada redação”, ressaltou.
Para a professora da Escola Municipal Padre Pinho, Silvânia Vasconcelos, esse evento conseguiu acrescentar muito na vida de cada aluno. “É uma valorização ao trabalho feito pelos jovens. A acredito que vai mudar bastante o pensamento com relação a esses temas abordados”, expressou.
Stephanie Ferreira (estagiária) Ascom Semed

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Projeto musical beneficia a Escola Denisson Menezes


Estudantes da Escola Municipal Denisson Menezes participaram da aula inaugural do projeto “Músicos do Futuro”, no 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), no Benedito Bentes, nesta segunda-feira (13). A iniciativa surgiu a partir da parceria do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) com a Polícia Militar e vai levar aulas de música para 40 alunos do 1º ao 4º ano da escola.
“Este projeto vai trazer alegria para os alunos. A música tem o poder de transformar e com o apoio da Semed nós teremos mais ações para melhorar a vida dos nossos pequenos”, disse a diretora da unidade, Quitéria Lira,
O projeto tomou forma a partir de um estudo realizado acerca da vulnerabilidade social nas comunidades. As atividades com os alunos serão realizadas no 5º BPM, durante o contraturno escolar, duas vezes por semana. Os alunos terão aula de teoria musical, noções de cidadania e de ordem unidas.
O Capitão Iran Rêgo disse que a proposta é dar mais qualidade de vida a quem vive em regiões regiões vulneráveis. “A proposta veio do Centro Musical da Polícia Militar e aproveitamos a ideia. Ela se encaixava perfeitamente no que buscávamos criar. Esta ação promove mais harmonia ao ambiente escolar, promovendo a cidadania e visando um futuro de paz para eles”, ressaltou.
Estiveram presentes no evento a secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, a secretária-adjunta de gestão educacional da Semed, Silvia Cardeal, os promotores Alexandra Beurlen, Rogério Paranhos, Marluce Falcão e Dalva Tenório, os capitães da PM Iran Rego e Sidney Cunha, o comandante do 5º BPM major Mário Palmeira e a chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) Rosimeire Silva.
Erick Nogueira/ Ascom Semed

Merendeiros participam de encontro de cozinheiros escolares

Os merendeiros da Rede Municipal de Ensino foram convidados a participar do 2º Encontro Municipal de Cozinheiros Escolares. Este ano o evento tem como tema “Nossa terra tem mais vida, nossa vida mais sabores”. O encontro acontece no próximo dia 24, na Universidade Tiradentes (Unit), em Cruz das Almas.
A coordenadora do Departamento de Alimentação e Nutrição Escolar (Cane) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Anna Carla Luna dos Santos, informou que durante o encontro acontecerão palestras e oficinas culinárias.
De acordo com Anna Carla, o objetivo é promover a segurança alimentar e nutricional na escola por meio do reconhecimento das influências dos povos indígenas, portugueses e africanos na nossa alimentação. “É um encontro que acontece a cada dois anos e dá início ao novo ciclo de formações”, disse.
As oficinas serão conduzidas pelos alunos do chef Thiago Maia, do curso de gastronomia da Faculdade de Tecnologia de Alagoas (FAT). Os interessados em participar das oficinas têm até o dia 21 próximo para fazer a inscrição pelo e-mail cane.semed@gmail.com ou pelo telefone (82) 3315-4583. Serão disponibilizadas 60 vagas.
Delane Barros/ Ascom Semed

Professores participam de Formação Continuada

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Coordenadoria Geral de Ensino Fundamental, promoveu nesta segunda-feira (13), a Formação Continuada para os Professores do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental da Rede Municipal. O encontro teve como tema central “A Formação Interdisciplinar 200 anos de Alagoas: Que sociedade temos, que sociedade queremos”.

A técnica pedagógica da Semed, Dina Maria Vital Ávila, disse se tratar de uma formação interdisciplinar, onde todas as disciplinas do currículo da escola dialogam para ampliar o entendimento da realidade dos alunos da rede.
“Hoje, nesta formação, estamos trazendo a disciplina de Arte com quatro artistas plásticos alagoanos: o pintor José Zumba, que nasceu em Santa Luzia do Norte, no ano de 1920, Pedro Lucena e Lula  Nogueira, de Maceió, e Orlando Santos, de Porto Real do Colégio. Trouxemos  a temática nesses 200 anos de Alagoas e traçando uma linha do tempo. Fizemos uma reflexão que cada disciplina pode levar para os alunos o conhecimento de uma Alagoas que queremos nesses 200 anos”, afirmou Dina.
A técnica pedagógica esclareceu também que a formação atende 14 escolas do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano. “Nesta semana, várias escolas estão realizando a culminância dos projetos de formação de interdisciplinaridade. Cada professor com sua equipe buscou explorar a realidade em torno da sua escola e juntamente com seus alunos agir positivamente nessa realidade”, destacou.
Para a professora Maria José, da Escola Municipal Padre Pinho, o trabalho interdisciplinar estimula o pensamento crítico-reflexivo dos alunos. “A formação continuada contribui muito com o nosso trabalho. É essencial trabalhar um currículo integrado”, disse.
Durante a formação, os professores puderam analisar as pinturas e obras de vários artistas alagoanos, além de produzir seus próprios trabalhos artísticos.
João de Oliveira Filho/ Ascom Semed

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Alunos da Escola João Sampaio participam da abertura do Natal Solidário

Alunos da Escola Municipal João Sampaio participaram, nesta sexta-eira (10), no Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas, da abertura do Natal Solidário, uma iniciativa do TJ e da Escola Superior de Magistratura de Alagoas (Esmal). A iniciativa tem como objetivo contemplar alunos que moram em áreas de vulnerabilidade social com presentes, doados por servidores do órgão.

A solenidade de abertura contou com a participação do presidente do TJ, Otávio Leão Praxedes, do desembargador Fernando Tourinho, membros da Magistratura e servidores, além de técnicos da Secretaria Municipal de Educação ( Semed). A ceriôonia teve ainda a apresentação do coral dos servidores do Tribunal e do coral dos alunos da escola, que cantaram a música “É Natal” usando a Língua Brasileira de Sinais (Libras).
A campanha deve contemplar cerca de 150 alunos da Escola Municipal João Sampaio e tem como tema “Adote o sonho de uma criança”.
As cartinhas dos alunos estão disponíveis na Árvore de Natal no hall de entrada do tribunal. Os servidores e magistrados que desejarem participar com a campanha tem até o dia o dia 24 de novembro para adotar uma cartinha. Os presentes adotados serão entregues as crianças no dia 28 de novembro, na Esmal com a presença do Papai Noel.
A diretora da João Sampaio, Regina Célia falou da expectativa das crianças em ter uma sonho atendido. “Nossas crianças são bastantes carentes, a comunidade é muito carente. Estamos felizes por essa oportunidade em proporcionar a eles um natal feliz”, destacou.
Para a coordenadora do Programa e Projetos Educacionais, Virginia Ferreira, este é um momento muito especial para os alunos. “É um momento de solidariedade, de realização de sonhos. Esses alunos nem sempre têm uma oportunidade no Natal de receber um presente. A gente prioriza que seja uma brinquedo, por que criança gosta mesmo é de brincar. Agradecemos ao Tribunal, que todo ano tem essa sensibilidade de, junto com todos os funcionários, presentear nossas crianças”, ressalta Virginia.
A aluna Sara Mical, de 09 e anos, pediu três presentes em sua cartinha. Ela disse que seu maior sonho é ter um carro de controle remoto para meninas, um patins e um jogo da memória. “Sempre quis ter um patins, quero sair por ai e me divertir. Tenho certeza de que irei realizar um desses três sonhos”, disse ela, que tem baixa visão.
Ascom Semed/ Janaina Farias

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Alunos do Cmei Maria Salete participam de atividades educacionais



A Semana do Bebê no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Maria Salete Silva teve início com várias ações lúdicas. As atividades foram bastantes diversificadas, as crianças participaram de pintura facial, colagem e culinária. A programação também contemplou os pais que participaram de uma palestra voltada para os cuidados com a primeira infância
O evento teve início com uma aula de culinária e os pequenos aprenderam a fazer brigadeiro sem precisar levar ao fogo.
Segundo a diretora do Cmei, Ana Paula Santos, a Semana do Bebê é uma estratégia para conseguir parcerias com as famílias e aproximá-las mais dos professores. “É um momento que conseguimos orientar ainda mais os familiares com relação aos cuidados infantis, orientações sobre a importância da amamentação, como estabelecer uma alimentação correta na vida do bebê e por fim, tentar mostrar a necessidade de dar mais atenção aos filhos”, destacou.
A Semana do Bebê é uma estratégia de mobilização social, que trata da importância da atenção nos primeiros anos de vida e tem como tema “Maceió Unida Pela 1º Infância”.
A ação irá acontecer até sexta-feira (10) com diversas palestras sobre alimentação nos primeiros anos de vida da criança. A programação segue com oficinas de saúde bucal, atividades no Parque Municipal, trilha ecológica e visita ao viveiro de plantas.
Stephanie Ferreira (estagiária) Ascom / Semed

Secretária reúne diretores de escolas atingidas pelas chuvas


Secretária Ana Dayse conversou com diretores
Diretores de 45 escolas municipais atingidas pelas fortes chuvas do final de maio participaram, nesta quarta-feira(08), de uma reunião com a secretária de Educação, Ana Dayse Dórea, na Escola Municipal de Governo (Emgesp. O encontro teve como pauta esclarecimentos e ajustes executados nas unidades.

Além da secretária de Educação, a reunião contou com a participação dos secretários-adjuntos de Gestão Educacional e de Governança, do coordenador do setor de infraestrutura e de manutenção da Semed, além de técnicos da área.
Das 45 escolas que tiveram a planilha de serviços aprovada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), 37 tiveram os recursos liberados para a execução das obras. Destas, 30% já foram concluídas e as demais estão em fase de execução. Oito escolas aguardam a liberação do recurso. Inicialmente, foram liberados 15% do valor total orçado para Maceió que é aproximadamente R$ 3 milhões, e o restante será liberado com a conclusão da obra.
Todas as escolas afetadas receberam uma placa padrão do FNDE. As unidades receberão melhorias em sua estrutura como reparos em portas e janelas, parte elétrica e pintura.
Segundo Ana Dayse, os 15% liberados para as 37 escolas só chegaram após cinco meses de espera. Durante a reunião, a secretária explicou aos diretores que só poderá ser feito o que consta na planilha de cada unidade.
Janaina Farias/ Ascom Semed

Cmei Nossa Senhora da Guia realiza ações na Semana do Bebê


Pais e alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Nossa Senhora da Guia participaram, nessa quarta-feira (08), de atividades voltadas para os primeiros anos de vida da criança. A ação, que faz parte da realização da III Semana do Bebê, teve a participação de profissionais da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal).
Para a diretora do Cmei, Betânia Soares Nunes, o evento teve a finalidade de garantir o direito, a sobrevivência e o desenvolvimento das crianças. “A ação tem essa proposta, a de promover os direitos das crianças, como brincar, conviver com a família e ter uma alimentação saudável, ou seja, ter uma atenção integral nessa fase da primeira infância”, ressaltou.
A terapeuta ocupacional Débora Santana explicou que o evento teve início com palestras sobre os cuidados com a saúde bucal, aleitamento materno e alimentação saudável. “Fizemos alguns debates sobre a sexualidade infantil e exibimos alguns vídeos. Essas estratégias são totalmente voltadas para que os pais entendam a necessidade de ajudar as crianças a terem uma saúde melhor”, destacou
Para Igliann Ferreira, pai da estudante Isis Gabriele, a ação ajudou a tirar algumas dúvidas sobre o seu papel nos primeiros anos de vida da filha. “Consegui absorver bem os assuntos que foram abordados. As instruções dadas me ajudaram a entender o quanto é essencial dar atenção às minhas filhas. O assunto da sexualidade veio no momento certo, pois futuramente irei precisar interagir com elas sobre isso”, colocou.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom  Semed

terça-feira, 7 de novembro de 2017

Servidores participam de encontro de Educação Ambiental

Coordenadores, diretores e professores participaram do Encontro Regional de Educação Ambiental do Lagoa Viva. O evento, que aconteceu nesta terça-feira (07), no Cinturão Verde – Reserva Biológica, teve como objetivo explicar o que são as Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida, expor as atividades feitas nas escolas e mostrar os planos para o encontro do ano seguinte.
O intuito do encontro é fazer com que os professores consigam expor os seus trabalhos e conheçam os projetos de outras instituições. De acordo com Lenice Morais, coordenadora do Programa Ambiental Lagoa Viva,estes servidores serão avaliados pela equipe da educação ambiental, que irá fazer um diagnóstico do que precisa para continuar com o projeto e em quais os pontos é preciso melhorar.
Segundo a técnica de Educação Ambiental da Semed, Virgínia Miller, cinco escolas participaram do encontro. “Os professores trouxeram projetos de hortas, galinheiros e trabalhos envolvendo o meio ambiente, além de expor banners institucionais que informam quais são os projetos para o próximo ano”, afirmou.
Para a diretora de Gestão Educacional da Semed, Maria José Pereira, a educação ambiental é muito importante para as crianças. “Precisamos criar um afeto maior com a natureza, pois esses alunos precisam entender que o meio ambiente é essencial para nossas vidas, para construções de pessoas saudáveis e de uma saúde melhor”, completou.
Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

Centro Municipal de Educação Infantil participa da Semana do Bebê

O Centro Municipal de Educação Infantil Nossa Senhora da Guia, localizado no bairro do Trapiche promoveu nesta segunda-feira (6), um desfile pelas ruas do bairro em comemoração a III Edição da Semana do Bebê. A ação comemorativa reuniu profissionais da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), a banda da Guarda Municipal, além de pais, professores e comunidade do bairro.

Segundo a diretora da escola, Betânia Soares Nunes, a Semana do Bebê é uma estratégia de mobilização social para garantir o direito a sobrevivência e ao desenvolvimento das crianças. “Nossa iniciativa visa chamar atenção da comunidade para os cuidados dos bebês nessa faixa etária. É nosso objetivo, com o desfile, chamar a atenção da comunidade para os cuidados que devemos ter com os bebês”. A diretora explicou que o evento reuniu nutricionistas, dentistas e terapeutas ocupacionais. “Com esta ação a gente pretende contribuir para os direitos dos bebês, como brincar, conviver com a família, ter uma alimentação saudável, ou seja, ter uma atenção integral nessa fase da primeira infância”, destacou.

Na próxima quarta-feira (08), o Centro Municipal terá uma programação especial e vai envolver os pais com orientação sobre saúde bucal, orientação sobre aleitamento materno, alimentação saudável e sexualidade. Costa na programação a formação de turmas sobre Ação coletiva de saúde bucal, psicomotricidade e alimentação saudável.
De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), sobre a importância da atenção à primeira infância, os seis primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento integral de meninas e meninos. A Unicef explica que nessa fase da vida, a criança desenvolve grande parte do potencial cognitivo que terá quando adulto e que por isso, representa uma janela de oportunidades e que nessa faixa etária terá impacto decisivo nos processos de aprendizagem e de construção de relações sociais, fatores que influenciarão a vida afetiva, profissional e social.


João de Oliveira Filho – Ascom / Semed

Cmei Leda Collor de Mello promove palestras e oficinas de música

O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Leda Collor de Mello, no Conjunto Osman Loureiro, promoveu, na tarde dessa segunda-feira (6), uma palestra sobre a prevenção ao câncer de mama com Myrtha Melo, presidente da Casa Rosa, uma Organização não Governamental.

A palestra faz parte da programação da 3ª Semana do Bebê, cujo principal objetivo é conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com a primeira infância, que consiste no período entre 0 e 6 anos. Ainda dentro desta programação o CMEI Leda Collor, realiza também oficinas de musicalização e palestras sobre os primeiros socorros.
De acordo com a diretora do Cmei, Michelle de Araújo Melo, a finalidade destes encontros é orientar os pais e fortalecer o vínculo entre a escola, pais e alunos.
O Cmei Leda Collor de Mello está localizado no Conjunto Osman Loureiro e atende crianças de 2 a 5 anos, do Maternal I e II e do 1º e 2º períodos, das comunidades do Osman Loureiro, Rosanne Collor e aos bairros do Clima Bom e Santos Dumont.
Ascom Semed

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Estudantes participam do Projeto Sesc na Comunidade


Cerca de 400 alunos da Rede Municipal de Ensino participaram do Projeto Sesc na Comunidade, que contou com um concurso de redação e criação do melhor brinquedo sustentável. A premiação será realizada no dia 14 de novembro, no Sesc Guaxuma. Haverá premiação com medalhas do 1º ao 3º lugar e diversas atividades como teatro e aulas de dança. Dez unidades escolares estão envolvidas no projeto.
Sesc na Comunidade
O Projeto tem o objetivo de falar sobre diversos temas transversais muito pertinentes para realidade, por meio de peças teatrais, concursos de poesias, construção de brinquedos recicláveis e concurso da melhor redação. Além de incentivar a prática esportiva, com a realização de um torneio de queimado no primeiro semestre para as meninas e no segundo semestre Futsal para os meninos.
Confira os ganhadores
Melhor brinquedo:
1° Lugar – Escola Teresa de Jesus
Aluna: Josefha Nawinny
2° Lugar – Escola Jaime de Altavilla
Aluno: Douglas Soares
3°Lugar Escola Haroldo da Costa
Aluno: Malkon Gabriel Moraes
Melhor redação:
1°Lugar: Teresa de Jesus
Aluno: Fernando Kauã Escola
2°Lugar: Escola Manoel Pedro dos Santos
Aluno: Alexandre Souza
3°Lugar: Escola José Haroldo da Costa
Aluno: Rafael do Nascimento
1°Lugar: Escola Luiza Suruagy
Aluna: Sofia Karla
2°Lugar: Escola Teresa de Jesus
Aluna: Emilly Anahy
3°Lugar: Escola Zilka de Oliveira Graça
Aluna: Noemi Araújo

Stephanie Ferreira (estagiária)/ Ascom Semed

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Oportunidade: Pnud abre seleção para consultoria em Maceió

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) abriu processo de seleção para interessados em prestar consultoria no projeto Semed/Pnud. A vaga é para exercer a função de Jornalista. Os profissionais que têm interesse em concorrer à vaga devem acessar o site www.br.undp.org/content/brazil/pt/home/operations/jobs.html até o dia 9 de novembro para se candidatar.
O jornalista selecionado vai executar atividades como produção de reportagens, discursos, fact sheets, articulação com os parceiros, elaborar briefings sobre eventos e ações, produzir fotos, vídeos, entre outros.
Os interessados em participar do processo seletivo devem encaminhar proposta técnica (currículo) e proposta de preço para “IC.PROCUREMENT.BR@UNDP.ORG”. O prazo para envio é 9 de novembro e os selecionados serão notificados no prazo de 20 dias.
Mais informações estão disponíveis no site http://www.br.undp.org/content/brazil/pt/home/operations/jobs.html.
Ascom Semed


Professora de escola municipal vence prêmio nacional

Depois de ter conseguido vencer a etapa estadual da 10º edição do Prêmio Professores do Brasil na modalidade ensino fundamental: anos iniciais 4º e 5º , a professora Avani Rodrigues da escola Municipal Rui Palmeira venceu mais uma etapa da premiação. Dessa vez o mérito foi na temática especial – uma sub categoria do prêmio que abordou a Conservação e Uso Consciente da Água.


O trabalho premiado teve como temática “A lagoa é nossa: Abrace essa ideia”. A professora vai receber a participação no Fórum Mundial de Água, no mês de março de 2018, em Brasília, com espaços para apresentação do trabalho premiado, mas antes Avani receberá a placa em homenagem pelo desempenho do prêmio no estado.
Os professores vencedores receberão premiações divididas nas etapas: Estadual, Regional, Nacional e Temática Especial. A professora venceu duas etapas: a estadual e temáticas especiais.
A professora conta que um dos principais motivos para desenvolver o projeto foi o fato de a escola estar situada próximo da Lagoa Mundaú. “Era preciso desenvolver um projeto que representasse a realidade deles, por isso resolvi trabalhar algo que fosse real e que eles conhecessem de perto. Aprendi com eles”, disse.
Segundo a professora, o sucesso do projeto não vai se limitar à premiação e garante que o trabalho será continuado. “Me sinto feliz por ter vencido essa premiação, eu acredito na escola pública. A Escola Municipal Rui Palmeira está fazendo a diferença. Vamos dar continuidade ao projeto, pois engloba leques de possibilidades. A questão do meio ambiente, por exemplo, diz respeito à cidadania. Meus alunos possuem grandes potenciais. Um projeto como esse não ganha só a escola mas toda a comunidade”, ressaltou.
Etapa Estadual
Assim como a professora Avani Rodrigues, a professora Maria Rita da Silva, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Maria Aparecida Bezerra, também venceu a etapa estadual na modalidade Educação Infantil: Creche. Ela receberá um troféu pelo trabalho realizado na unidade
Janaina Farias/Ascom Semed

Revista Eletrônica recebe projetos até dezembro

Com produções de professores, estudiosos e pesquisadores em geral, a revista Saberes Docentes, publicação eletrônica da Secretaria Municipal de Educação (Semed), está com o prazo aberto até o dia 15 de dezembro para recebimento de material. Em sua quarta edição, a publicação também aceita a participação de demais pesquisadores da área de educação que possam contribuir com a prática pedagógica.
Os interessados em encaminhar material devem observar as regras necessárias no endereço eletrônico http://www.maceio.al.gov.br/semed/revista-saberes-docentes-em-acao/. O trabalho para publicação deve ser encaminhamento para o email: saberesdocentesmaceio@gmail.com.
A coordenadora da publicação, Regina Buarque, da Semed, revela que para esse ano, serão aceitos trabalhos inéditos, que tragam reflexões teóricas cuja abordagem seja relacionada às diferentes temáticas. “Esses projetos irão contribuir para a melhoria do processo de aprendizagem e ensino, bem como do fazer docente e das diversas questões que passam do cotidiano escolar”, informou.
Nessa quarta-feira (01), aconteceu uma reunião para orientar os profissionais sobre a maneira correta de produzir, registrar e publicar os seus saberes docentes. O evento ocorreu na Escola Municipal de Governo (Engesp), no bairro do Farol.
O principal objetivo da revista é estimular a produção e o registro de experiências curriculares exitosas desenvolvidas por profissionais da Rede Municipal de Ensino. Abordando reflexões pedagógicas, acerca de diferentes temáticas, que possam vir a contribuir para a melhoria do processo de aprendizagem e ensino dos estudantes.
Stephanie Ferreira (estagiária) Ascom Semed

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Educação participará das atividades da Semana do Bebê

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) irá participar ativamente da 3ª Semana do Bebê, evento realizado pela Prefeitura de Maceió para a promoção de ações voltadas ao fortalecimento do vínculo afetivo, palestras e atividades lúdicas. É o que informa Amparo Torres, técnica da Coordenadoria de Educação Infantil da Semed. Segundo ela, a Secretaria estará presente já a partir da abertura das atividades, no próximo domingo, dia 5, quando haverá contação de histórias na Rua Fechada, na Ponta Verde.

Ainda de acordo com Amparo, os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) terão participação essencial na programação. “Porque terão a oportunidade de criar e incentivar espaços que propiciem a participação das famílias e da comunidade. Durante a Semana do Bebê, entre os dias 5 e 10 de novembro, cada um dos centros de educação fará atividades como pintura facial, palestras, oficina de primeiros socorros, entre outros”, explica.
A Semana do Bebê é uma estratégia de mobilização social apoiada pelo Fundo das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Unicef) e tem como objetivo tornar o direito à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até 6 anos, prioridade na agenda dos municípios brasileiros. Em Maceió, o evento tem o objetivo de contribuir para a diminuição do índice de mortalidade infantil, melhoria da qualidade de vida das crianças de 0 a 3 anos; diminuir as situações de exclusão social decorrente da gravidez precoce; informar, sensibilizar e envolver a sociedade em torno da situação da Primeira Infância e conferir visibilidade social às ações pertinentes à questão, em desenvolvimento no município de Maceió entre as diversas secretarias municipais.
No Brasil, a primeira edição do evento aconteceu no Rio Grande do Sul e de lá para cá, passou por diversos municípios brasileiros. Mais de mil edições já foram realizadas. Em Maceió, o evento já faz parte do calendário fixo do município, conforme determina a Lei n° 6990/2017, que regula as atividades.
Delane Barros – Ascom Semed