sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Parceria com a Ufal abre 400 vagas para Escola de Gestores



A Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed), em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), disponibilizou o Edital 53/2013, que abriu inscrição na modalidade semi-presencial o curso de Especialização Lato Sensu Escola de Gestores. Segundo o edital, o curso oferta 400 vagas exclusivamente para diretores de escolas. A concorrência será constituída de uma única etapa, composta por avaliação de títulos, sendo essa de caráter eliminatório e classificatório.
As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico www.copeve.ufal.br, até às 23h59min, do dia 17/01/2014. O processo seletivo será realizado sob a responsabilidade da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propep) e da Coordenação do Curso de pós-graduação a quem caberá a análise de títulos e as inscrições e o processamento do resultado será do Núcleo Executivo de Processos Seletivos (Copeve/ Ufal).
Ainda segundo o edital, os candidatos deverão entregar documentação para a Avaliação de Títulos no período de 28 a 31/01/2014 e a entrega da documentação deverá ser realizada no Centro de Educação da Ufal (Cedu) pelo próprio candidato ou por procurador com poderes específicos (procuração simples, registrada em cartório).
Outras informações podem ser obtidas na sede da Copeve, no Campus A.C. Simões / Ufal, na Avenida Lourival Melo Mota, s/n, Tabuleiro dos Martins, Maceió-AL-CEP: 57072-900

FONE: (82) 3214-1692 / 3214-1694, ou ainda na página eletrônica – www.copeve.ufal.br – consultando o Edital n.º 53/2013 – PROPEP/UFAL.

Documentos Exigidos conforme edital:
I. Comprovante de inscrição, impresso diretamente do sítio eletrônico da COPEVE.
II. Cópias autenticadas de documentos pessoais: carteira de identidade, CPF, comprovante das obrigações militares para homens, título de eleitor e comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral para brasileiros; Registro Nacional de Estrangeiros ou passaporte, CPF e visto de permanência para estrangeiros;
III. Cópia do Comprovante de residência;
IV. Cópia autenticada do Diploma ou Certidão de Conclusão de Curso de Graduação, emitida pela Instituição onde o título foi obtido;
V. Cópia autenticada do Histórico Escolar da Graduação;
VI. 01 (uma) foto 3×4;
VII. Curriculum Vitae, no Modelo LATTES-CNPq, dos últimos 05 (cinco) anos, assinado e encadernado, devidamente documentado com cópias autenticadas dos títulos e dos comprovantes das atividades relacionadas;
VIII. Carta anuência do empregador a ser entregue no ato da matrícula;
IX. Outros documentos especificados de acordo com a exigência do curso;
X. Declaração da Secretaria Estadual ou Municipal de Educação, declarando que é diretor da Educação Básica no exercício regular de suas funções;
XI. Formulário de Dados Complementares à Inscrição devidamente preenchido;
XII. Termo de compromisso do candidato devidamente preenchido e assinado;
XIII. Termo de Responsabilidade da Secretaria de Educação a qual o candidato está vinculado.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Calendário de Matrículas 2014 inicia nesta segunda





A Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed) abre as matrículas para o ano letivo de 2014, nesta segunda-feira (09). As orientações para matrícula estão na página 07, do Diário Oficial de Maceió (DOM), seguindo a padronização estabelecida no edital publicado.
Os alunos que já fazem parte da Rede Pública, ou seja, aqueles que já estão estudando em uma das 135 unidades escolares da Semed, têm entre os dias 09 e 13 de dezembro para efetuar a renovação da matrícula.
Já os alunos removidos, que são aqueles que saem de uma etapa para outra, como da creche para educação infantil, do infantil para o fundamental ou mudam de um bairro para outro, têm entre os dias 23 e 27 de dezembro para se matricular.
Os alunos novos, aqueles que não não fazem parte da Rede Pública Municipal, devem se apresentar entre os dias 06 e 08 de janeiro de 2014. Segundo o secretário-adjunto de Educação, João Carlos Barbirato, que está conduzindo o processo junto com a Comissão de Matrículas da Semed, destaca que a matricula de novos alunos está condicionada à existência de vagas.
De acordo com Kay Guimarães, da Comissão de Matrículas, as orientações do edital servem tanto para os alunos da educação infantil e fundamental, como para Educação de Jovens e Adultos (EJA). Ainda conforme esclarece Kay, o calendário publicado no edital leva em consideração o calendário escolar de algumas unidades.
“Temos escolas em calendário especial por diversos motivos, a exemplo de pequenas reformas que paralisam a unidade por alguns dias. Para estes casos, o calendário, o edital informa que essas escolas devem fazer as matrículas 15 dias após o término do ano letivo de 2013”, reforçou.
Ato da matrícula
Para efetuar a matrícula, os pais, responsáveis ou os próprios alunos, quando maior de idade, devem apresentar originais e cópias do registro de nascimento ou casamento; cartão de vacinação para crianças até 07 anos; comprovante de residência, cartão do programa Bolsa Família, caso possua; duas fotos 3×4, documento original de escolaridade (declaração ou histórico escolar), para matrículas a partir do 2º ano fundamental.
Em caso de dúvida, os pais, alunos e comunidade podem procurar a Comissão de Matrículas, na sede da Semed, que fica à Rua General Hermes, 1199, Cambona, das 8 às 17h.
Adriana Thiara Oliveira/ Ascom Semed

sábado, 7 de dezembro de 2013

Semed conclui formação em Educação Especial


Foto: Janaína Farias - Ascom Semed


Já no clima das festas de fim de ano, nesta última sexta-feira (06),  o Departamento de Educação Especial realizou o encerramento da formação em Educação especial, no auditório Paulo Freire, na sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed).
A festa contou com a presença de participantes da formação e de outros departamentos do Secretaria. Além da confraternização entre os presentes, professores apresentaram relatos do seu dia-a-dia com os alunos especiais e os formadores e cursistas do Departamento de Educação Especial fizeram uma apresentação em libras da música “Bate o Sino”.
Durante todo o ano de 2013, foram oferecidas para coordenadores, professores e auxiliares as formações doe Atendimento Educacional Especializado (AEE), Formação Continuada Numa Perspectiva Inclusiva, do curso Educar na Diversidade, Direito à Diversidade e formações de braile e libras. A cada mês é abordado um tema diferente para ser desenvolvido.
Neusa Scortegagna de Almeida, Diretora do Departamento de Especial fala um pouco sobre a finalidade desta iniciativa. “O objetivo é contribuir na capacitação dos professores visando melhorar o desenvolvimento do alunado”.
Erick Nogueira (estagiário) – Ascom Semed

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Alunos da rede pública participam do II Soletrando do Mais Educação



A Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed), por meio da Diretoria Geral de Ensino e do Programa Mais Educação de Maceió, realizam nesta quinta-feira (05), das 08 às 13h, a segunda edição do Soletrando do Mais Educação.
Participam da atividade 20 escolas que são atendidas pelo Mais Educação e, em média, 400 alunos terão a soletração avaliadas. A atividade que tem o objetivo de promover o uso da língua portuguesa é uma réplica do modelo de ação pedagógica adotado por um programa de TV, com o mesmo nome.
Durante a programação do Soletrando do Mais Educação, os alunos participarão de audições eliminatórias, Todos os participantes recebem medalhas e os melhores serão agraciados com premiação.
Serviço:
II Soletrando do Mais Educação
Local: Auditório do Sesc Poço
Das 08 às 13h
 Adriana Thiara Oliveira/Ascom Semed

Educação oferece oficina piloto de Badminton




Uma parceria entre a Universidade Federal de Alagoas, a Federação Alagoana de Badminton e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) vai possibilitar a iniciação ao Badminton, um esporte muito semelhante ao tênis, aos alunos da Rede Pública Municipal.
Inicialmente, o projeto prevê uma oficina piloto que será destinada a alunos e comunidade do Bebedouro, voltado para crianças e jovens, entre 10 a 14 anos. A ação será realizada no dia 13 de dezembro, no Ginásio Tenente Madalena, Cambona, nos dois horários. As inscrições começam no dia 09 e seguem até o dia 12 de dezembro, e poderão ser feitas no Departamento de Educação Física, da Semed. As vagas serão limitadas.
De acordo com Diretora do Departamento de Educação Física da Semed, Elaine Paccola, a expectativa para a realização da I oficina de Badminton na rede municipal é bastante positiva, isso por que o esporte será apresentado pela primeira vez a crianças e jovens que sequer nunca tiveram contato com essa atividade. “Por ser uma novidade o esporte chama atenção da garotada. Com a oficina, alunos conhecerão um pouco do Badminton que exige, flexibilidade, agilidade, velocidade entre outras características”, destacou ela.
O objetivo, segundo ela é apresentar para a comunidade e alunos como é praticado o esporte, sendo assim a oficina piloto de Badminton terá caráter experimental. Elaine argumenta que tudo que se proponha a prática esportiva nas escolas é interessante para os alunos. “ É uma novidade que está surgindo”, afirma ela.
Ainda segundo Elaine Paccola, uma reunião será marcada com Federação, para apresentação do projeto visando firmar convênio, a fim de propor a prática do Badminton nas escolas em 2014. “Estamos pensando em fazer uma parceria com a Federação para que possamos conseguir implantar o projeto Badminton Ufal, nas escolas”, ressaltou ela. Ela informa ainda que a proposta já está sendo estudada pela Federação, pois ainda não tem nada definido para 2014, no entanto sendo apenas uma possibilidade, até que tudo seja acordado entre as partes.
Janaina Farias – Ascom Semed

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Mais de 400 crianças participam da I Maratoninha Papai Noel



Maratoninha Papai Noel na Praia de Pajuçara
Foto:Marco Antônio/SECOM


O prefeito Rui Palmeira pôde conferir, na manhã deste domingo (01), a I Maratoninha Papai Noel, na orla marítima de Maceió. De promoção do departamento de Educação Física da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o evento reuniu mais de 400 crianças com idade entre 06 e 10 anos de idade, da Rede Municipal de Ensino. Além da iniciativa da prática de esportes, a atividade também a confraternização dos alunos das escolas públicas municipais e também contou com a presença do departamento de Educação de Trânsito da Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT) e a parceria da Secretaria de Esporte e Lazer.
“É um momento de muita alegria para professores e estagiários da Semed, mas principalmente para as mães e pais que trouxeram os filhos para participar da corrida. Graças a uma ação integrada, tendas foram montadas para ofertar atividades educativas sobre trânsito e direitos da criança”, destacou Rui Palmeira.
Para melhorar atender ao condicionamento físico dos alunos, a Semed dividiu a Maratoninha em duas modalidades. Na primeira, crianças de 06 e 07 anos deidade completaram o percurso de 50 metros, na segunda, alunos de 08 a 10 anos de idade percorreram 100 metros.
“Todas as crianças participantes receberam medalhas. Após a corrida, elas puderam se divertir nas tendas da capoeira, pintura, tapetes com atividades lúdicas e tivemos ainda a Estação do Saber, que funciona no ônibus da Semed, além do Slackline, atividade que trabalha o equilíbrio físico”, explicou a diretora do departamento de Educação Física da Semed, Elaine Paccola.
A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, agradeceu todo o empenho dos departamentos envolvidos em estabelecer uma atividade esportiva e lúdica com o objetivo atrair as crianças para a prática de exercícios. “Temos que agradecer a todos pelo empenho coletivo. São atividades como esta que demonstram o interesse da Prefeitura em acompanhar a saúde e a educação dos nossos alunos”, esclareceu
Vilma dos Santos, mãe da aluna de Maria Izabel, 07 anos, da Escola Municipal Marcos Soriano, parabenizou a iniciativa da Prefeitura. “Eu vim com a minha filha mais velha, a Maria Izabel, mas também trouxe minha outra filha, Lina Izabelle. As duas correram e receberam medalhas. Vim com meus sobrinhos (Cauã e Cauê, 08 e 06 anos de idade, respectivamente) também. O bom é que depois que correram, elas foram para as tendas aprender brincando”, falou.
A ação contou com a participação do departamento de Arte e Cultura e do Centro de Atenção Integrada à Criança e ao Adolescente (Caica), da Semed. Durante todo o evento, palhaços e personagens infantis animaram as crianças. Para garantir a segurança dos pequenos competidores, agentes de trânsito da SMTT e equipes da Guarda Municipal acompanharam toda a realização das atividades na orla.
Fonte: Secom Maceió e fotos de Marco Antonio - Secom  Maceió
Maratoninha Papai Noel na Praia de Pajuçara
Foto:Marco Antônio/SECOM

Maratoninha Papai Noel na Praia de Pajuçara
Foto:Marco Antônio/SECOM

Maratoninha Papai Noel na Praia de Pajuçara
Foto:Marco Antônio/SECOM

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Educação divulga calendário de pagamento de servidores efetivos e comissionados




A Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed) sistematizou o calendário de pagamento para os servidores efetivos, comissionados e prestadores de serviços.
O calendário leva em consideração o pagamento mensal, referente a novembro de 2013, até o 13° salário. De acordo com a secretária de Educação, Ana Dayse Dorea, a sistematização do calendário tem o objetivo de oferecer aos servidores a possibilidade de se organizarem financeiramente para o final do ano.
“Todo servidor e prestador de serviço anseia por ter informações fidedignas sobre seu pagamento, para que possam se organizar, neste caso, para as comemorações de final de ano e suas despesas. Desta forma, tivemos a iniciativa de tornar público tal calendário”, ressaltou a secretária.
Segundo o coordenador do Fundo Municipal de Educação, Alexandre Chagas, o calendário também foi organizado para que haja uma uniformidade na informação e pagamentos, principalmente pelo fato de a Semed ter prestadores de serviços que estão migrando para empresa licitada.
“Como já temos uma empresa vencedora da licitação de serviços gerais, os prestadores que tinham contrato direto estão migrando, gradativamente, e essa migração implica no interesse em saber como ficará seu pagamento. Desta forma, em alinhamento com a secretária Ana Dayse, montamos o calendário”, destacou o coordenador.
 Acompanhe o calendário:
29.11 – Prestadores de serviço
29.11 – 13° dos prestadores que migraram para empresa licitada
29.11 – Fechamento do sistema financeiro da Semed
30.11 – Folha de pagamento do município
20.12 – 13° dos prestadores

Adriana Thiara/ Ascom Semed

Secretaria de Educação abre atividades natalinas



Evento reuniu servidores da Semed.  Foto: Ascom Semed

A Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed) realizou, na manhã desta sexta-feira (29), a abertura das atividades natalinas da Rede Pública Municipal de Ensino. A solenidade, presidida pelos gestores da pasta, contou com a presença da secretária Ana Dayse Dorea e do secretário-adjunto, João Carlos Barbirato. O evento reuniu servidores e professores da Rede na iniciativa de valorizar os servidores.
“Estamos iniciando a festa da humanidade, onde celebramos o nascimento de Cristo. E independente das religiões, este é um momento onde refletimos sobre que contribuição nós temos para dar à Educação de Maceió”, destacou a secretária.
Durante a solenidade de abertura, os servidores declamaram poesias e cantaram músicas que enaltecem a vida. Além dos secretários, o teólogo Manoel Henrique participou da atividade, estimulando os servidores a refletirem sobre a importância da Educação no fazer social.
“Sabendo que a realidade das escolas é de estar dentro de comunidades de baixo desenvolvimento e renda, o papel do educador deve ser um profeta da esperança”, disse o teólogo.
No dia 20 de dezembro, a Semed realizará o encerramento dos festejos natalinos com uma celebração interreligiosa, no Auditório Paulo Freire, às 10h.

Adriana Thiara Oliveira – Ascom Semed

Educação realiza I Maratoninha no próximo domingo






Quatrocentas crianças, com idade entre 06 e 10 anos, de 10 escolas da Rede Pública Municipal de Ensino participam da I Maratoninha Papai Noel da Secretaria Municipal de Educação (Semed), no próximo domingo (01), na orla marítima de Maceió. A iniciativa é o departamento de Educação Física e servirá como confraternização das crianças das escolas públicas municipais.
De acordo com a secretária de Educação Ana Dayse Dorea, a iniciativa visa prestigiar os alunos e potencializar o esporte escolar.
Para isso, haverá a modalidade de corrida para as crianças de 06 e 07 anos, no percurso de 50 metros, de 100 metros para as de 08 a 10 anos. “Depois da corrida, haverá várias atividades em tendas, a exemplo de capoeira, pintura, tapetes com atividades lúdicas e teremos ainda a Estação do Saber, que funciona no ônibus da Semed, além do Slackline, atividade que trabalha o equilíbrio físico.”, explica a diretora do departamento, Elaine Paccola.
As atividades começam a partir das 8h, no domingo, na praia de Pajuçara. Todas as crianças participantes serão premiadas com medalhas. A ação conta com a participação do departamento de Arte e Cultura e do Centro de Atenção Integrada à Criança e ao Adolescente (Caica), da Semed. Toda a programação será animada pro palhaços e personagens infantis. O momento também servirá para noções de educação do trânsito, a ser promovida pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT).

Delane Barros – Ascom Semed

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Educação realiza formação visando inclusão nas salas de aula






A Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed), nesta quinta-feira (28),  realizou uma formação para os coordenadores, professores e auxiliares de sala com o tema “Perspectiva Inclusiva”.

A formação teve como objetivo capacitar os professores para melhor inserção dos alunos portadores de necessidades especiais em salas regulares. Segundo os dados oficiais do Censo de 2012, 1.795 alunos deficientes estão matriculados na rede municipal de Educação.

As salas de recursos da Semed realizam o Atendimento Educacional Especializado – AEE, sendo dotadas de materiais didáticos e pedagógicos, mobiliário, recursos de acessibilidade e equipamentos específicos para o atendimento aos alunos no contraturno escolar e se localizam nas escolas de educação básica.

Segundo Daniella Lins, da equipe coordenadora da Formação, a iniciativa é ímpar na Rede. “A formação é importante porquê ela dá possibilidade ao professor de ver o aluno além da deficiência, como ser pensante”.
 
Erick Nogueira (estagiário) – Ascom Semed

Escola Denisson Menezes Realiza I Mostra Literária e Cultural





Os alunos da Escola Municipal Denisson Menezes, situada no Tabuleiro dos 
Martins, estão participando da I Mostra Literária e Cultural da unidade de ensino. O evento tem como objetivo fomentar a produção literária e cultural, visando desenvolver habilidades e competência de leitura, produzindo assim a capacidade de produzir e compreender textos diversos. A Mostra segue até sexta-feira (29).

A abertura contou com a apresentação da Fanfarra da escola e do projeto “Jovem quer Cultura”, do Benedito Bentes. Ainda dentro da programação houve apresentação de capoeira, teatro, estandes, e painéis. O conteúdo literário foi trabalhado pelos alunos durante o ano todo, quando houve produção e pesquisas voltados para leitura e compreensão de textos.

Para a assistente social Betânia Fernandes, a mostra literária e cultural representa a importância do fazer pedagógico desenvolvido no cotidiano. A organização do evento engajou alunos e educadores focados na melhoria do déficit de aprendizagem e combate à violência no ambiente escolar.

“Diante da realidade em que vivem esses alunos, nós profissionais precisamos repensar sobre a função social da escola e diante disso criar estratégias para o enfrentamento dos desafios”, salientou. Betânia.
Nesta quinta e sexta a Mostra segue com apresentações de teatro e da Fanfarra Jovem quer Cultura.
Janaina Farias/ Ascom Semed

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Pacto pela Educação na Idade Certa conclui formação em Maceió





Foto: Pei Fon - Secom/ Maceió


O secretário-adjunto de Educação de Maceió, João Carlos Barbirato, participou da conclusão da Formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, o PNAIC. O evento promovido pela Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), nessa terça-feira (26), reforçou o compromisso da Semed em buscar alfabetizar todas as crianças da rede municipal de ensino até oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental em português e matemática.

“O Pacto é uma das metas da Semed para a gestão. Estamos empenhados em oferecer aos alunos letramento e numeramento até os 8 anos de idade. Além disso, a Educação Municipal está em um processo sistemático de padronização por meio da Cooperação do Ministério da Educação (MEC). Temos um trabalho coletivo para mudar nosso quadro e melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)”. ressaltou o secretário
Com o tema “Compromisso de Alfabetizar, Direito de Aprender”, o encontro reuniu mais de 600 professores e profissionais da educação para discutir melhorias na educação municipal e, sobretudo, estimular e garantir o conhecimento do aluno para que o mesmo não encontre dificuldades durante a alfabetização. Os debates ocorreram no Centro Cultural de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá.
De acordo com a coordenadora local do PNAIC, Izabel Araújo, o encontro capacitou os educadores e visa melhorar a qualidade do ensino público. “O encontro mostra o engajamento e o comprometimento da Educação municipal em contribuir para o aperfeiçoamento da formação dos alfabetizadores”, disse ela.
O Pacto
O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, o PNAIC, visa garantir que o ensino-aprendizagem seja efetivo nas escolas e alcance todas as crianças em fase de alfabetização até oito anos de idade. O pacto trabalha com materiais didáticos e avaliação permanente, além de gestão e mobilização.

Adriana Thiara Oliveira – Ascom Semed

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Alunos de escolas municipais participam de Mostra da Diversidade Racial



Nesta terça-feira (26), cerca de 200 alunos das escolas da Rede Municipal de ensino participam da V Mostra de Produção Cultural: Diversidade Étnico-racial Ameríndio e suas perspectivas no fazer pedagógico. A atividade, conduzida pelo Núcleo de Estudos da Diversidade Étnico Racial (Neder), traz para o pátio central da sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed) a exposição de mais de 70 trabalhos entre cartazes, crônicas e poesias que versam sobre a diversidade racial.
A ação, que se inicia às13h e segue até às 17h, contará com a participação de 16 escolas. Na programação, estão ainda apresentações culturais de matriz africana.
De acordo com Rosário de Fátima da Silva, coordenadora do Neder, a Mostra está pautada nas leis 10.639 e 11.645 que exigem a inclusão das temáticas afro e indígena na escola.
“Os professores e coordenadores se envolveram com a Mostra não por estar no mês da Consciência Negra, mas por demostrar que o tema é praticado durante todo o ano letivo”, ressaltou Rosário.
Adriana Thiara Oliveira – Ascom Semed

Maceió vai realizar evento para formação de educadores




A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), promoverá o I Encontro de Encerramento, da Formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, o PNAIC. A iniciativa reforça o compromisso da Semed em buscar alfabetizar todas as crianças da rede municipal de ensino até oito anos de idade, ao final do 3º ano do ensino fundamental em português e matemática. O encontro será realizado às 18h do dia 26, no Centro Cultural de Exposições Ruth Cardoso, em Jaraguá.

Com o tema “Compromisso de Alfabetizar, Direito de Aprender”, o encontro busca refletir e discutir melhorias na educação municipal e, sobretudo, estimular e garantir o conhecimento do aluno para que o mesmo não encontre dificuldades durante a alfabetização.
De acordo com a coordenadora local do PNAIC, Izabel Araújo, o encontro é um trabalho que objetiva capacitar os educadores e melhorar a qualidade do ensino público. “O encontro mostra o engajamento e o comprometimento da Educação municipal em contribuir para o aperfeiçoamento da formação dos alfabetizadores”, disse ela.
Para a titular da Semed, Ana Dayse Dorea, um professor preparado garante qualidade de ensino e contribui significativamente no processo de alfabetização dos estudantes. “Queremos melhorar nosso Ideb e alfabetizar as crianças na idade estabelecida pelo pacto. A escola exemplar é, na verdade, a escola que consegue um bom desenvolvimento para os estudantes”, complementou a secretária.
O Pacto
O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, o PNAIC, visa garantir que o ensino-aprendizagem seja efetivo nas escolas e alcance todas as crianças em fase de alfabetização até oito anos de idade. O pacto trabalha com materiais didáticos e avaliação permanente, além de gestão e mobilização.
Secom Maceió

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Escola Zumbi dos Palmares realiza II Mostra Afroindígena





A Escola Municipal Zumbi dos Palmares realiza nesta terça-feira (19), antecipando o Dia da Consciência Negra, a culminância da II Mostra Cultural Afroindígena. O projeto tem como objetivo socializar as apresentações artísticas e culturais realizadas pelos alunos do 1ª ao 9º e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O evento acontece nos três turnos e é aberto ao público e comunidade escolar.


A diretora da escola, Quitéria Cavalcante, informou que as apresentações mostrarão de tudo um pouco. “Teremos cantigas de roda, danças, e músicas envolvendo a cultura afroindígena. Vamos mostrar um pouco de tudo, além de danças, teremos ainda poemas, desfile, teatro e muito mais”, salientou.
A diretora explicou que os alunos vem se preparando desde o inicio do ano. “Trabalhamos com a temática afroindígena dentro da escola como uma forma de valorizar nossa cultura. Para a realização deste projeto, cada professor ficou responsável por uma coordenação. Nossa proposta é aproximar os jovens a essa temática ”, destacou Quitéria.
Pela manhã, os alunos do 1º ao 5º ano mostrarão a cultura afro em forma de brincadeira, música, dança, poemas e narrativas. Já a programação da tarde promete esquentar com as apresentações da turma do 5º ao 9º ano. Entre as apresentações, desfile, coco de roda, brincadeira e peça teatral. A noite, os trabalhos ficarão por parte da turma do 6º ao 9º ano e alunos EJA com ritual indígena, dança, música e muito mais.
Texto e foto de Janaina Farias – Ascom Semed

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Alunos da rede municipal participam de Mostra de Música





Alunos de sete escolas da Rede Municipal de Ensino participaram nesta segunda-feira (11) da I Mostra de Música na Escola. O evento, que está sendo realizado no auditório Paulo Freire, na sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed), tem como objetivo socializar o trabalho pedagógico musical realizado nas escolas da rede. Até esta terça-feira (12), educadores e comunidade escolar participarão de palestras, oficinas e apresentações musicais realizadas por alunos do projeto da Orquestra Sinfônica e Concerto Didático.

A ação está sendo desenvolvida pelo departamento de Arte e Cultura da Semed em parceria com a Universidade Federal de Alagoas (Ufal), e juntas elas desenvolvem a educação musical nos alunos da rede por meio do projeto Concerto Didático e a Orquestra Sinfônica.

Nessa segunda, a programação ficou por conta dos alunos das escolas Pio X, João XXIII e Rui Palmeira que realizaram apresentação com violino, instrumentos musicais e coral. Em meio as apresentações professores da rede participaram ainda de palestras que abordou a música na educação infantil e no ensino fundamental.
Para a professora de música, Edna Cabral, facilitadora da palestra, o ensino da música na escola traz grandes benefícios para os alunos, por que seu conteúdo facilita no processo de aprendizagem e isso resulta na melhora do desempenho escolar. “O ensino da música na escola desempenha um importante papel na vida escolar, ela melhora a relação da escola com a comunidade e auxiliar na educação escolar, por isso é importante fazer cumprir a lei que determina o ensino da música nas escolas e assim inseri-la no planejamento das aulas”, destacou ela.
Ainda durante a programação do dia, a doutora em Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Célia Regina, falou da importância da música e sua iniciação na escola. Ela fez uma breve reflexão acerca dos dois períodos históricos em que a música foi obrigatória na escola até os dias atuais. Ela frisou ainda que a música está voltada para o social e o cultural e que por isso, sua iniciação deve ser feita na escola com a proposta de fazer o aluno entender a música e a parti daí estimular o gosto pela arte. “Essa iniciação deve ser feita durante educação escolar, é preciso ter um objetivo musical e ensinar os alunos a partir de uma forma lúdica”, disse ela.
Nesta terça-feira (12), a programação segue com apresentação dos alunos das escolas Manoel Pedro, Jaime Miranda, Nise da Silveira e Corintho da Paz. Após as apresentações haverá ainda realização de palestras que serão ministradas pelo Maestro Niltom e pela professora de música da Ufal, Rita Namé que falará sobre pedagogia da Dalcroze – um método de música.
Texto de Janaina Farias e foto de Eric Nogueira (estagiário) / Ascom Semed

Semed realiza primeira Missão da Cooperação Técnica com o MEC


A equipe de gestão da Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed) inicia nesta segunda-feira (11) a primeira Missão de Cooperação Técnica entre a Semed e o Ministério da Educação (MEC), com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O encontro da Missão está sendo realizado na sede da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em Maceió, no bairro do Farol.
A Missão começou com uma reunião de alinhamento entre a equipe técnica da Cooperação e os consultores do MEC/PNUD, Liliane Macciorato, coordenadores da Cooperação pelo MEC/PNUD e consultora pedagógica, Antonio Xavier, consultor de gerenciamento de processos e Luiz Guilherme, consultor de Infraestrutura.
Em seguida, foram inseridos na discussão, mais 12 gestores da Semed. Segundo a secretária de Educação de Maceió, Ana Dayse Dorea, esta Missão tem o objetivo de dar andamento às atividades que estão sendo desenvolvidas desde outubro deste ano, momento onde a parceria foi oficializada com a Prefeitura de Maceió.
“Só é possível o sucesso desse trabalho com a clareza de que todos são responsáveis pelas mudanças que a sociedade anseia pela Educação de Maceió. As equipes sabem que temos um tempo para realizar estas ações proposta pelo MEC/PNUD e estamos todos envolvidos para que no prazo estabelecido já tenhamos os primeiros resultados alcançados”.
A Cooperação Técnica terá duração de 12 meses e tem como objetivo implementar na rede pública municipal padrões mínimos de funcionamento da Educação, alicerçados em três pilares: infraestrutura, gerenciamento de processos e gestão pedagógica, priorizando a escola. Para tanto, 27 das 135 unidades escolares servirão como ambiente prático da intervenção do MEC/PNUD.
Segundo Liliane Macciorato, coordenadora geral da Cooperação pelo MEC/PNUD e consultora pedagógica, a equipe de gestão da Semed foi convocada para o encontro porque as lideranças estratégicas têm um papel fundamental na execução das ações da Cooperação.
“É preciso que todos se apropriem do processo”, destacou a consultora. Ainda segundo Liliane, a Cooperação já revisou alguns encaminhamentos e hoje já se tem a visão do que pode ser implantado e executado. “Vamos iniciar com a implantação de padrões mínimos para que possam ser executados na Educação. As ações efetivas serão implantadas nas escolas a parir de maio de 2014, na segunda fase da Cooperação, mas já iniciaremos algumas ações de imediato, pois as demandas são latentes”, sinalizou Liliane Macciorato.
Para a coordenadora da Cooperação pela Semed, Jádna Inácio, com este encontro serão concluídas as etapas em que são feitos os diagnósticos das escolas. As ações de infraestrutura, pedagógica e de gerenciamento já serão levadas para as escolas selecionadas.
De acordo com Sonia Moraes, diretora geral de Ensino da Semed, após a retomada da Cooperação com o MEC/PNUD, que foi iniciada em 2010, mas que havia sido suspensa, e retomada no último dia 08 de outubro, pelo prefeito Rui Palmeira e pela secretária Ana Dayse, a expectativa é que o cenário das escolas mude e para melhor.
“Vamos atuar de forma que o Município, a escola e as famílias sejam agentes cooperadores dessa mudança que ocorrerá na sala de aula visando ao aumento dos índices e da melhoria do ambiente escolar de um modo geral”, disse Sonia Moraes.
Com esta mesma perspectiva, o consultor de gerenciamento de processos, Antonio Xavier, reforça que a Cooperação vai atender principalmente o ordenamento da Políticas Educacionais de Maceió para a melhoria contínua dos processos de ensino-aprendizagem. “Estamos organizando os sistemas de monitoramento, pois nosso principal alvo é compreender que se o aluno não aprender o sistema não está cumprindo sua missão”, revelou Xavier  As reuniões de trabalho seguem até a próxima quarta-feira (13), durante todo o dia, na Sede da Undime.
Texto de Adriana Thiara/ Ascom Semed

sábado, 9 de novembro de 2013

Educação realiza I Encontro de Manipuladores de Alimentos





A Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou nesse sábado (09), o I Encontro de Manipuladores de Alimentos, uma formação continuada, que reuniu os chamados merendeiros da rede oficial de ensino da capital. O encontro, realizado na Escola Superior da Magistratura (Esmal), serviu para debates e esclarecimentos sobre as mais modernas práticas para a manipulação de alimentos com segurança e higiene. 


Durante o evento, Ana Dayse salientou que os manipuladores são parte fundamental no processo de aprendizagem e bom andamento das escolas. “É grande a importância dos manipuladores de alimentos para as escolas da nossa rede municipal de ensino. Vocês são responsáveis pelo acolhimento dos alunos que, muitas vezes, saem de casa sem se alimentarem”, declarou a secretária de Educação de Maceió.



O encontro, realizado pela Coordenação de Alimentação e Nutrição Escolar (Cane) da Semed, contou com a realização de palestras, uma das quais pela coordenadora-geral de Alimentação Escolar do Ministério da Educação (MEC), Albaneide Peixinho, noções de segurança, oferecida pelo Corpo de Bombeiros, bem como discussões sobre a valorização profissional, realizada pelo Sinteal. “Foi um momento extremamente necessário para esse público, de grande importância para a gestão da educação pública de Maceió”, considerou a diretora de Gerenciamento Escolar da Semed, Maria José Pereira.

Para a coordenadora do Cane, Anna Carla Luna, o evento é uma formação continuada e que terá outras etapas no próximo ano. “Planejamos esse evento há pelo menos seis meses e é gratificante saber que contamos com o apoio da secretária e o êxito que vimos. Tivemos uma plateia participativa, que abriu mão de um dia de descanso, que é o sábado, mas que permaneceu no evento em sua integralidade. Isso é fantástico para todos nós”, resumiu Anna Carla.


O evento também contou com a participação do presidente do Conselho Municipal de Alimentação Escolar, Jailton Lira, do coordenador do Fundo Municipal de Educação, Alexandre Chagas, da Diretora Geral de Ensino, Sônia Moraes, entre outros.

Texto de Delane Barros e fotos de Sandro Regueira (estagiário)– Ascom Semed



segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Participação da Prefeitura na Bienal registra compromisso com a Educação


Praça do Conhecimento
Foto: Pei Fon Secom/Maceió


Como toda boa história, a participação da Prefeitura de Maceió na VI Bienal Internacional do Livro de Alagoas surpreendeu não somente pelos atrativos ofertados, mas principalmente graças às formas encontradas de atrair a atenção – principalmente – de crianças, alunos da rede pública municipal de ensino, pais e famílias inteiras maceioenses e alagoanas. Em uma parceira briosa, as Secretarias Municipais de Educação (Semed) e Comunicação Social (Secom) montaram um espaço minuciosamente elegante e convidativo. Foi assim durante 10 dias que a Praça do Conhecimento encantou crianças e recuperou a criança em cada visitante que, após transcorrer o salão superior do Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, encontravam um refúgio para a fantasia e imaginação.

Os números são absolutos: o público, que sentou no tapete , dividiu espaço com almofadas coloridas e ouviu a contação de histórias, superou a marca de 20 mil pessoas. Desse número registrado pela organização, 8. 143 correspondem a estudantes da rede pública municipal de ensino, entre os dias 26 de outubro e 02 de novembro.

“A Praça foi um espaço para que todas as crianças tivessem a oportunidade de ser criança, além de ser um ambiente inclusivo. Digo isso pelo fato de termos recebido desde crianças com deficiência visual até locomotora. A programação foi diversificada, mas vale ressaltar que toda ela tinha caráter pedagógico. A Prefeitura está de parabéns pelo arrojo em promover um ambiente como a Praça do Conhecimento”, ressaltou a secretária municipal de Educação Ana Dayse Dorea.

Os 180 metros quadrados da Praça do Conhecimento se elevavam em letras ampliadas em um mural colorido. Do lado do mural e de suas ilustrações, no Coreto do Conhecimento artistas exploravam o sorriso nas crianças com contação de histórias. No centro, à frente do pórtico de entrada, uma árvore surpreendia os olhares: em seus galhos, ao invés de folhas, livros para leituras espontâneas.

Ainda para compor o cenário, uma mostra fotográfica sobre a vida em Maceió. Do lado direito, a Oficina das Artes entreteve as crianças com pintura e recreação. No chão o Tapete Lúdico, jogo de tabuleiro gigante, transformou crianças em peças de movimento para que avançassem a cada pergunta respondida sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Prestígio e agradecimento

Aos iniciantes, ler é uma atividade sempre a dois. É preciso juntar sílabas, entender significados e, sobretudo, apoiar-se em guia que conduza o entendimento de mundo – a família assume esse papel e os professores acompanham o crescimento da leitura. Dada a importância dos professores e dos discentes, em uma iniciativa inédita, a Prefeitura de Maceió ofereceu Vale-livro: crédito disponibilizado entre os dias de Bienal para reconhecer e valorizar a descoberta da leitura para os alunos da Educação Infantil.

Com o crédito de R$ 25, os professores tiveram a oportunidade de adquirir material pedagógico. Já os alunos receberam R$ 10 cada um para compra de literaturas infantis. Foram beneficiados cerca de 3.338 professores, coordenadores, diretores e vice, e 7.361 alunos, com idade entre 03 e 05 anos.

Para a professora Paula Castro, a iniciativa foi louvável. “Para as crianças foi uma oportunidade e tanto. Para os professores um reconhecimento”, afirmou.

Na programação para a Bienal, a Semed também coloriu outra novidade. Na parte baixa do Centro de Convenções, a Estação Saber – biblioteca volante da Semed – acrescentou mais prestígio ao evento que convidou a todos a “descobrir nas palavras a magia dos sentidos”. Após a recuperação e restauração, fruto de uma parceria com empresas privadas Servipa e Bukone, a Estação Saber volta às atividades com um acervo variado e com equipamentos tecnológicos para uso da criançada.

“Foram mais de 10 anos que este ônibus ficou parado. Ele era importantíssimo para as escolas, mas foi abandonado. Quando reassumi a Semed, priorizamos a recuperação e com o apoio de parceiros, a Estação Saber volta a funcionar e vai levar mais leitura e inclusão digital para as escolas da Rede”, disse Ana Dayse.

Fonte: Secom Maceió

domingo, 3 de novembro de 2013

Prefeitura registra mais de 20 mil visitas e faz doação de livros para comemorar resultado





A Praça do Conhecimento encerrou suas atividades na VI Bienal Internacional do Livro neste domingo (03) com o saldo de mais de 20 mil visitas, das quais a organização registrou 8.143 visitas de estudantes das redes pública municipal, estadual e privada. 


Para comemorar este resultado positivo, a coordenação da Praça do Conhecimento realizou uma doação de livros aos visitantes.  Mais de 50 títulos que estavam pendurados na Árvore dos Livros, na área central da Praça, foram entregues para as crianças que participaram da última apresentação realizada na Praça.

Ao som de música e dança, os alunos de biblioteconomia, letras e teatro que fazem parte do Projeto Biblioencanta auxiliaram as crianças a colher as histórias que eles levariam para casa. O pequeno Cauã, 5 anos, com a ajuda do pai, pegou três livros. Apesar de não saber ler, o garoto ficou feliz com o presente.
A Praça do Conhecimento foi uma realização da Prefeitura de Maceió, por meio das Secretarias Municipais de Educação (Semed) e Comunicação (Secom).

Texto e fotos de Adriana Thiara Oliveira – Ascom Semed