segunda-feira, 24 de abril de 2017

Confira resultado da pré-matrícula de escolas em calendário especial


Sala de aula – Escola Zumbi dos Palmares.
Foto:Marco Antônio/Secom Maceió
Pais e responsáveis que inscreveram seus filhos no pré-matrícula online em busca de vagas nas seis escolas em calendário especial da Rede Municipal de Ensino já podem fazer a consulta para saber se foram contemplados. Para conferir o resultado, basta acessar o site sislameal.caedufjf.net  utilizando o CPF cadastrado. O prazo para consulta e efetivação da matrícula na escola vai até a próxima quinta-feira (27).
Foram oferecidas 908 vagas para novos alunos, divididas em 520 para Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai) e 388 para o Ensino Fundamental do 1º ao 5º anos. A oferta foi apenas para as seis escolas municipais que estão em calendário especial – Dom Miguel Fenelon Câmara, Hermínio Cardoso, Maria de Fátima Lira, Petrônio Viana, Walter Pitombo Laranjeiras e Zumbi dos Palmares.
Para efetivar a matrícula do aluno, o responsável precisa ir até a escola onde ele conseguiu a vaga e levar seu CPF e RG, comprovante de residência, cartão do Bolsa-Família, comprovante de escolarização, cartão SUS, cartão de vacinação para crianças até 7 anos, declaração ou histórico escolar para vagas a partir do 2º ano, certidão de nascimento, duas fotos 3×4, além do CPF do estudante.
Erick Nogueira – Ascom Semed

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Servidores em processo de aposentadoria recebem orientações


Encontro com servidores em processo de aposentadoria.
Foto: João Oliveira

Servidores em processo de aposentadoria da Cia Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio (Comarhp) lotados na Semed receberam nesta quinta-feira (20) orientações sobre a etapa deste processo.

O objetivo do encontro foi proporcionar um momento de interação e descontração entre os servidores. O encontro foi dividido em três partes: primeiro, foi apresentado o cronograma de apresentação dos servidores aposentados. No segundo momento, houve dinâmica em grupo e para finalizar, foi lido um texto intitulado “Acreditar na vida”.
Segundo a técnica da Coordenação Geral de Gestão de Pessoas Michelline Calheiros,  no encontro, os colaboradores expressaram como estão se sentindo por estarem se aposentando. Foi criando um momento de interação, de alegria e de agradecimento por eles terem contribuído tanto com as escolas.
Os servidores tiveram no mínimo 30 anos de contribuição com o Município e todos estavam ativos. Eles trabalharam nas funções de vigilantes, porteiros e serviços gerais.
A servidora Maria Piedade da Silva, do Centro Municipal de Educação Infantil, José Maria de Melo, afirmou o que sentiu em contribuir todos esses anos com a rede municipal de ensino. “Tudo o que fiz foi com muito carinho, trabalho e dedicação. Amo o que faço. O trabalho é o meu prazer, mas estou feliz por me aposentar”, comentou.
Thais Lins (Estagiária) – Semed

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Educação Infantil debate Orientações Curriculares



Gestores e coordenadores das instituições de educação infantil da rede municipal de Educação participaram do VI Encontro Formativo que abordou o eixo Espaço, Tempo e Materiais, parte integrante do ciclo de formações da implantação das Orientações Curriculares da Educação Infantil, lançada em 2015. O encontro foi realizado no auditório Paulo Freire, na Secretaria Municipal de Educação (Semed), durante a manhã e tarde desta terça-feira (18).
A oportunidade prioriza a troca de experiências através do diálogo contínuo. Para reforçar a temática abordada na formação, o momento contou com a participação do professor do Setor de Estudos da Educação Infantil da Ufal, Cleriston Izidro dos Anjos, que fomentou a discussão e trouxe problemáticas para serem debatidas em conjunto, além de um questionário de acompanhamento para socialização de ideias.
“O Projeto Político Pedagógico representa a identidade da instituição e precisa ser pensado coletivamente. O que queremos é mostrar a importância dos gestores, coordenadores e professores nesse processo de implantação para que eles se capacitem e sintam-se mais seguros para aplicar os conhecimentos construídos e compartilhados”, esclarece Cleriston.
Em formações anteriores foram debatidos os eixos: Documentação, Relação adulto criança, Relação escola comunidade e Transição para o ensino fundamental. O encontro de hoje encerra o ciclo inicial de formações dos cinco eixos. No entanto, no decorrer do ano outras formações secundárias serão propostas no intuito de revisar alguns eixos e esclarecer dúvidas.
Thiago Guimarães / Ascom Semed

Secretários escolares participam de formação sobre frequência


A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Coordenação de Apoio Social e Frequência Escolar, promoveu, nesta quarta-feira (19), capacitação com os secretários escolares e auxiliares administrativos da Rede que são responsáveis pelo preenchimento da frequência escolar dos alunos beneficiários do Programa Bolsa Família.

A capacitação tem o intuito de instruir os funcionários a respeito do preenchimento correto do formulário, que serve de instrumento para validar a continuação do recebimento do benefício por parte das famílias. No encontro, os secretários escolares informaram suas dificuldades, tiraram dúvidas, deram sugestões e receberam orientações sobre o formulário.
“Essa formação surgiu da demanda que visualizamos de que muitas escolas não preenchiam corretamente este formulário. Ele é um documento simples, que deve ser enviado pelas escolas bimestralmente, de acordo com o cronograma do Ministério da Educação. Existem dois percentuais de frequência de acordo com a faixa etária do aluno – aqueles que têm de 8 a 15 anos devem ter no mínimo 85% de frequência. Já os alunos de 16 e 17 anos devem frequentar no mínimo 75% das aulas. Acontece que as faltas não estavam sendo registradas e quando o eram, não registravam o motivo, que também é solicitado no formulário”, explica a coordenadora do setor de Condicionalidade da Educação de Programa Bolsa Família, Aucione Albuquerque.
A coordenadora explica que é necessário o professor buscar saber o motivo da falta dos alunos e, se houver algum problema, que este motivo seja repassado ao setor de serviço social da escola ou da Semed para tentar solucionar a situação. “Esse é o primeiro passo para que o formulário seja devidamente preenchido e para que a gente possa ter a real informação sobre a infrequência escolar, para que, desta forma, possamos desenvolver ações que busquem reduzir a evasão escolar”. Além disso, Aucione destaca os pais também devem estar atentos à frequência do aluno e procurar a escola para acompanhar o desenvolvimento escolar de seus filhos.
Amanda Bezerra (estagiária) / Ascom Semed

Parceria garante atenção especializada a alunos com deficiência


Reunião com instituições que realizam Atendimento Educacional Especializado Educação de Jovens e AdultosFoto: Janaína Farias – Ascom Semed
A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, recebeu terça-feira (18) representantes de instituições não governamentais que prestam serviço de Atendimento Educacional Especializado (AEE) para alunos da rede. No encontro, foi definida a renovação do convênio que garante a continuidade dos serviços, tendo em vista o aumento do número de matrículas de alunos com deficiência no Município.

Dados da Coordenação Geral de Educação Especial da Semed mostram que há mais de 3 mil alunos com algum tipo de deficiência matriculados em escolas municipais de Maceió.
Reunião com instituições que realizam Atendimento Educacional Especializado Educação de Jovens e AdultosFoto: Janaína Farias – Ascom Semed
Na reunião, representantes das instituições da Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (Aappe), Associação Pestalozzi de Maceió, Família Dow (FamDown) e Fundação Casa do Especial (Funcae) apresentaram relatório das atividades desenvolvidas desde 2015 e seus resultados, como parte do compromisso assumido por meio do convênio.
Essas instituições atendem cerca de 950 alunos de 73 escolas da rede com alguma deficiência – deficiência intelectual, autismo, deficiência auditiva, síndrome de Down, deficiência múltipla e deficiência física. Destes, 290 são alunos de escolas polo da Educação de Jovens e Adultos (Ejai).
A secretária de Educação destaca os avanços da rede municipal no atendimento a esse público. Para ela, a matrícula online ampliou o acesso à escola para alunos com deficiência. “Saímos de uma matrícula que não tinha segurança nos dados e quatro anos depois, após a implantação da matrícula online, sentimos um aumento imenso de alunos com deficiência matriculados na rede. O relatório mostrou que houve progresso. Estamos no caminho certo, temos avançado, mas precisamos avançar ainda mais”, afirma.
A coordenadora Geral de Educação Especia da Semed, Ubiratânia Amorim, informou que existe a possibilidade de aumentar esse atendimento. “A procura tem sido cada vez maior. Esses meninos e meninas, que vivam em casa, agora vão à escola, atividade necessária para que eles tenham autonomia e deem continuidade a sua vida escolar”, salientou.
A coordenadora informou que devido ao aumento da procura pelo serviço, a Semed está ampliando o número de salas de recursos e se preparando para a contratação de estagiários para atuar no apoio de sala nas escolas regulares.
A vereadora e membro da Comissão dos Direitos Humanos da Câmara Municipal de Maceió, Teresa Nelma, participou do encontro, que também reuniu coordenadores e técnicos da Semed.
Janaina Farias – Ascom Semed

Maceió recebe Jornada Internacional de Educação Infantil


Está confirmada para os dias 25, 26 e 27 de maio, em Maceió, a I Jornada Internacional sobre a formação de professores de Educação Infantil e o III Encontro da Rede de Educação Infantil da Ufal: diálogos entre teorias e práticas. Esta é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa Educação Infantil e Desenvolvimento Humano da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e deverá reunir pesquisadores, docentes e alunos da graduação e pós-graduação e profissionais para um diálogo em torno das questões que atingem a formação dos profissionais da educação infantil.
Alunos do Cmei Pompeu Sarmento.
Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió
Na programação, constam conferências, mesas-redondas, oficinas, exposições e apresentações culturais. O evento conta com apoio das Secretarias municipal e estadual de Educação e Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado (Fapeal). Podem participar o público em geral interessado na temática a ser abordada, além de estudantes e pesquisadores. O público-alvo é formado por educadores e pedagogos em geral.

Os eixos-temáticos do evento são a educação infantil no curso de pedagogia, estágio na formação do professor de educação infantil, arte e as linguagens expressivas na formação inicial infantil, escuta das crianças e a formação do professor de educação infantil e corpo, gênero e sexualidade na formação docente em educação infantil.
A I Jornada Internacional sobre a formação de professores de Educação Infantil e o III Encontro da Rede de Educação Infantil da Ufal terão todas as atividades desenvolvidas no campus da Universidade, no Tabuleiro. As inscrições já podem ser feitas até o dia 25 de maio, no endereço eletrônico http://redeeiufal.com.br/.
Delane Barros/ Ascom Semed

terça-feira, 18 de abril de 2017

Escola Antídio Vieira recebe o programa Cidadania e Justiça


Juiz André Gêda Peixoto Melo no projeto
Cidadania e Justiça na Escola

Os alunos das turmas do 8º e do 9º anos da Escola Municipal Antídio Vieira foram contemplados pelo projeto Cidadania e Justiça na Escola. O juiz André Gêda Peixoto Melo abordou o tema relacionado às formas de combate ao bullying na comunidade. O projeto é fruto de uma parceria entre a Escola Superior da Magistratura do Estado (Esmal) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e promove palestras uma vez por mês, em uma escola escolhida pelo município, em cada uma das regiões administrativas.
Além da Antídio Vieira, também são atendidas pelo programa as escolas municipais João Sampaio, Kátia Assunção, Haroldo da Costa e Padre Pinho. “Sempre são abordados temas de interesse da comunidade estudantil. Esse mês, a temática será o bullying”, é o que informa Deana Correia, técnica da Coordenadoria Geral de Programas e Projetos Educacionais da Semed. A próxima etapa do programa acontecerá na terça-feira (25), na escola Haroldo da Costa.
Ascom Semed/ Delane Barros

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Prazo para pré-matrícula online é prorrogado pela Semed


A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informa que o prazo para a realização da pré-matrícula online foi prorrogado até a próxima quarta-feira (19). Para ter acesso ao sistema, os pais ou responsáveis precisam acessar o site da Prefeitura de Maceió, clicar no banner indicativo e preencher os dados solicitados.
Alunos da Rede Municipal. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A pré-matrícula está disponível apenas para escolas que estão em calendário especial. As unidades são a Escolas Dom Miguel Fenelon Camara, localizada na Chã da Jaqueira, Hermínio Cardoso, em Fernão Velho, Maria de Fátima Lira, no Benedito Bentes I, Petrônio Viana, situada no Conjunto Carminha (Benedito Bentes II), Walter Pitombo Laranjeiras, na Levada, e Zumbi dos Palmares, no Conjunto Rosane Collor.
No total, estão sendo oferecidas 908 vagas a novos alunos, sendo 520 vagas para Educação de Jovens Adultos e Idosos (Ejai) e 388 distribuídas entre o Ensino Fundamental, para turmas do 1º ao 5º ano. Os pais que não têm acesso à internet podem ir até a unidade escolar e realizar o procedimento.
O resultado da pré-matrícula está previsto para ser divulgado no dia 24 de abril, também no site da Prefeitura de Maceió. A partir da divulgação do resultado, os pais têm até o dia 27 para ir até a escola efetivar a matrícula do estudante, que está submetida ao número de vagas disponível em cada escola.
Para efetivar a matrícula do aluno, o responsável precisar comparecer a escola com seu CPF e RG, comprovante de residência, cartão do Bolsa-Família, comprovante de escolarização do aluno, cartão do SUS, cartão de vacinação para crianças até 07 anos, declaração ou histórico escolar para vagas a partir do 2º ano, certidão de nascimento, duas fotos 3×4 e CPF do estudante.
Ascom Semed

sábado, 15 de abril de 2017

Programas Se Liga e Acelera seguem transformando vidas





Programa Acelera mudou a vida de Maycon Lima Torres,
ex-aluno da Escola Petrônio Viana. Foto: Ascom Semed

Reduzir a zero a distorção idade/série tem sido uma das principais metas da Rede Municipal de Ensino de Maceió, para a promoção da alfabetização na idade certa. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Educação (Semed), estima-se que o índice de alunos fora da série adequada é de aproximadamente 35%. Apesar do quadro preocupante, os números mostram que esse percentual é reduzido a cada ano, desde quando foram implantados os Programas Se Liga e Acelera, resultado da parceria firmada entre a secretaria e o Instituto Ayrton Senna, em 2015.
De acordo com a coordenadora dos programas no município, Paula Panar, em 2015, quando começou a parceria, eram atendidas 18 escolas. No ano seguinte, passou para 35 e em 2016, pulou para 52 unidades da rede. A previsão para 2017 é chegar a formação de 160 turmas. Ainda segundo Panar, a iniciativa atende mais de três mil estudantes das turmas do 3º, 4º e 5º ano.
“Com base em um diagnóstico, a coordenação dos programas identifica as escolas com alunos que se encaixam no perfil para que possamos inserir no sistema do Instituto Ayrton Sena. Em seguida, nós definimos as turmas das escolas para o início do ano letivo. Estes alunos estudarão em turmas especiais e de acordo com seu desenvolvimento em sala de aula eles podem avançar até dois anos letivos, de acordo com sua faixa etária”, explica Panar.
Foi assim que aconteceu com o jovem Maycon Lima Torres, ex aluno da Escola Municipal Petrônio Viana, situada no Conjunto Carminha. Aos 13 anos e cursando o 4º ano, o estudante tinha grandes dificuldades de aprendizado. Diante disso, Maycon foi inserido no programa Acelera e teve diante de si duas possibilidades: superar o curso e avançar para o 6º ano ou voltar para a série de origem.
Com o apoio de sua professora Rosimeire Silveira, o jovem se destacou na turma e foi além das expectativas mais otimistas. Após a conclusão do curso, o estudante foi encaminhado para a Escola Estadual Dom Otávio Barbosa, na região do Tabuleiro, onde passou por um diagnóstico da equipe pedagógica, que o reclassificou para o 8º ano.
“O Acelera foi uma experiência muito boa, que mudou minha vida. A minha professora sempre me deu força pra seguir adiante. Agora pretendo continuar os estudos, conseguir um bom um emprego e ajudar minha família”, relata Maycon.
Os programas Se Liga e Acelera dão a oportunidade aos alunos que estão em defasagem, seja por falta ou por qualquer outro problema que os impedem de avançar em sua aprendizagem. A parceria entre Semed e Instituto Ayrton Senna auxilia na regularização do aluno para que este curse o ano adequado a sua idade com as competências e conhecimentos necessários.
Thiago Guimarães / Ascom Semed

Estudantes participam da Olimpíada do Raciocínio Lógico em SP



Alunos da rede municipal de ensino comemoram mais uma conquista. Os estudantes das escolas municipais Lindolfo Collor, no Dique Estrada e Silvestre Péricles, do Pontal da Barra, asseguraram suas vagas na competição que reuniu mais de 110 mil participantes de todas as regiões do Brasil.
Erlison Bezerra Rocha, Leonildo Costa Pereira de Souza, Gabriel Henrique da Conceição Gomes e Carlos Henrique dos Santos (categoria 4º ao 7º ano), além de Adryel Khristian de Souza Silva, Carlos Alberto dos Santos Neto, Edson Rodrigues Tibúrcio dos Santos e Claudemir da Silva Sena (8º e 9º ano) vão participar da grande final nacional da IX Olimpíada do Raciocínio Lógico MindLab, que acontece em São Paulo no próximo dia 6 de maio.
Sobre a olimpíada, a técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e coordenadora do torneio em Maceió, Carla Gaspar, disse que a competição é dividida em três etapas, com participação de equipes do mundo inteiro que estão cadastradas no Sistema Mind Lab. “Na primeira etapa, a fase classificatória digital, equipes do Brasil se enfrentam para garantir uma vaga na fase nacional presencial, que ocorrerá no mês de maio”, reforçou a técnica. “As escolas contaram com duas equipes, formadas pelos alunos que venceram a seletiva interna e foi disputada por todos os alunos do 4º ao 9º anos do ensino fundamental no ano passado”, frisou Carla.
Alunos da rede vão participar da Olimpíadas
de Raciocínio Lógico da MindLab
De acordo com a técnica, os jogos do Mente Inovadora desenvolvem diversas habilidades nos alunos. “A competição é uma iniciativa do Programa Mente Inovadora, da MindLab, que atualmente é desenvolvido em 41 escolas da rede municipal com a proposta de estimular habilidades cognitivas, sociais, éticas e emocionais dos alunos”, complementa.
Carla disse também que na final, em São Paulo estarão presentes cerca de cem competidores de todo o país, divididos em mais de 20 equipes, todos vencedores da etapa regional. “Todos os vencedores da etapa nacional serão premiados, e o vencedor ainda terá a oportunidade de representar o Brasil na fase internacional da Olimpíada, que acontecerá na Ilha de Creta (Grécia), no dia 11 de junho, juntamente com alunos de outros 7 países”, finalizou a coordenadora.
A MindLab é reconhecida mundialmente por sua abordagem inovadora voltada para o desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais de crianças e jovens.
No Brasil, onde hoje fica a sede da empresa, a Mind Lab é parceira de mais de mil instituições de ensino do setor público e privado e conta com cerca de 20 mil professores para aplicação do Programa MenteInovadora, que é integrado ao currículo escolar.
João de Oliveira/ Ascom Semed

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Orientações Curriculares para Educação Infantil mostram resultados na prática


Professores do Cmei Rosane Collor em momento de formação.

Desde o lançamento das Orientações Curriculares para a Educação Infantil, e também a parceria com o Programa Paralápraca, a Rede Municipal de Educação de Maceió tem colhido bons frutos nessa área de ensino. Um exemplo disso é o trabalho que vem sendo desenvolvido por Paula Feitosa, coordenadora pedagógica do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Rosane Collor, com o apoio da direção, dos professores e demais funcionários do Cmei.
Paula Feitosa está na coordenação do Cmei Rosane Collor desde 2007 e explica que antes havia alguns momentos de reuniões com os professores, mas não como hoje. Com a chegada do Programa Paralápracá, em 2013, o coordenador pedagógico passou a ter suas funções mais definidas, eles ficaram responsáveis, de fato, pela formação continuada que acontece nas escolas, com um trabalho prioritário para a área pedagógica.
A potencialização dos espaços, aproveitamento do saber que a crianças já tem, a priorização de seu desenvolvimento em um ambiente feliz e com seus direitos garantidos, além envolvimento da família no processo de aprendizagem, são alguns dos resultados conseguidos através das formações continuadas e das abordagens das Orientações Curriculares para a Educação Infantil realizadas no centro educacional.
No Cmei, semanalmente, acontecem as formações com os professores. Uma vez por mês acontece o encontro com todos os colaboradores da escola, além dos professores, participam os auxiliares da sala, merendeiros, direção e pessoal de apoio. “Na formação abordamos as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, as Orientações Curriculares lançada pela Semed, estudamos também a portaria que fala a respeito da avaliação de aprendizagem na educação infantil, além de questões do dia a dia, como as necessidades dos professores para desenvolver um bom trabalho”, explica Paula.
Além dos textos, vídeos e outros materiais do Paralapracá, tendo como foco as interações, brincadeiras e diferentes linguagens que as crianças precisam conhecer, já trabalhados nas formações. Paula explica que o processo de observação, registro e escuta das crianças é muito importante. “Muitos dos trabalhos que realizamos são resultados de propostas das próprias crianças. É necessário que as pessoas tenham um olhar sensível ao observar a criança, desde o porteiro da escola até os seus pais em casa”, ressalta.
“A partir das formações já conseguimos visualizar uma postura diferente dos profissionais e um entendimento do trabalho que está sendo desenvolvido. Precisamos entender que a criança já chega na escola com saberes e cabe a nós potencializar esses saberes e suas experiências, proporcionando um ambiente rico em possibilidades para gerar uma rica aprendizagem”, completa Paula.
Amanda Bezerra (estagiária) / Ascom Semed

Prazo para pré-matrícula online termina neste domingo


Estudantes da Rede Municipal. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió
A pré-matrícula online está disponível desde a última segunda-feira (10) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) alerta para o prazo final, que se estende até o próximo domingo (16). Para ter acesso ao sistema, os pais ou responsáveis precisam acessar o site da Prefeitura de Maceió, clicar no banner indicativo e preencher os dados solicitados.
No total, estão sendo oferecidas 908 vagas a novos alunos. Para Educação de Jovens Adultos e Idosos (Ejai), são 520 e 388 distribuídas entre o Ensino Fundamental, para turmas do 1º ao 5º ano. Os pais que não têm acesso à internet podem ir até a unidade escolar e realizar o procedimento.
A pré-matrícula está disponível apenas para escolas que estão em calendário especial: Dom Miguel Fenelon Camara, localizada na Chã da Jaqueira, Hermínio Cardoso, em Fernão Velho, Maria de Fátima Lira, no Benedito Bentes I, Petrônio Viana, situada no Conjunto Carminha (Benedito Bentes II), Walter Pitombo Laranjeiras, na Levada, e Zumbi dos Palmares, no Conjunto Rosane Collor.
O resultado da pré-matrícula está previsto para o dia 24 de abril, também no site da Prefeitura de Maceió. A partir da divulgação, os pais têm até o dia 27 para ir até a escola para efetivar a matrícula do estudante, que está submetida ao número de vagas disponível em cada escola.
Para efetivar a matrícula do aluno na escola onde ele conseguiu a vaga, o responsável precisar estar com seu CPF e RG, comprovante de residência, cartão do Bolsa-Família, comprovante de escolarização, cartão do SUS, cartão de vacinação para crianças até 07 anos, declaração ou histórico escolar para vagas a partir do 2º ano, certidão de nascimento, duas fotos 3×4 e CPF do estudante.
Erick Nogueira/ Ascom Semed

terça-feira, 11 de abril de 2017

Gestores da Semed participam de consultoria sobre liderança


Relacionamento nas equipes e relações de poder no ambiente de trabalho são assuntos que interessam a todos os gestores independente da área em que atuam. Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) proporcionou, na manhã desta terça (11), aos gestores da sede da Secretaria uma consultoria com o professor Júlio Furtado com o tema: Liderança, Gestão Escolar e Pedagógica: O Desafio de Fazer Acontecer.
Palestra com o consultor em Gestão Escolar, Júlio Furtado. 
Foto: Amanda Bezerra (Ascom/Semed)

Essa consultoria está entre as atividade do objetivo II do plano de trabalho Semed/Pnud, que pretende apoiar no processo de formação na Rede com foco na estruturação da formação continuada de professores e na melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Assim como a equipe técnica da Semed, os diretores e vice-diretores escolares, além de coordenadores, também terão a oportunidade de discutir liderança, gestão escolar e pedagógica com o professor Júlio.
“Entendemos a importância do processo de aprendizagem do corpo gestor do sistema educacional de Maceió. Seja para criar identidade de linguagens ou de saberes para que o ensino, que é definido como uma política pública, que passa pela gestão escolar, vai à sala de aula e se consolida na aprendizagem de cada indivíduo tenha esse processo melhorado. Esperamos aprender, trocar informações e melhorar nosso desempenho, além de que o professor Júlio tem uma experiência muito grande com trabalhos dessa natureza”, esclareceu Silvia Cardeal, secretária adjunta da Semed.
Palestra com o consultor em Gestão Escolar, Júlio Furtado.
Foto: Amanda Bezerra (Ascom/Semed)
Questionado sobre sua metodologia de trabalho e seus respectivos resultados, o consultor Júlio Furtado respondeu: “Quando a gente consegue, através das palestras e formações, fortalecer a habilidade de liderança, fortalecer o fazer desse gestor, desse coordenador pedagógico, a gente vai ter na escola um ambiente que vai envolver mais o professor no sentido de acompanhar, de apoiar, mas também de supervisionar o seu fazer na sala de aula e isso tudo junto vai levar a um trabalho de melhor qualidade, que no final vai colaborar positivamente para a obtenção dos resultados de ensino aprendizagem que a Secretaria deseja”, enfatizou Júlio.
Amanda Bezerra (estagiária) / Ascom Semed

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Alunos da escola Padre Brandão Lima ganham Sala de Deleite



Os alunos da Escola Municipal Padre Brandão Lima têm um motivo a mais para permanecer na escola: o espaço adequado para estímulo à leitura. É que a unidade aproveitou a entrega da Biblioteca Móvel, um projeto encampado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e que leva livros a escolas da capital, para montar uma Sala de Deleite, ou seja, um espaço adequado para estímulo à leitura pelos alunos da escola.


 Desde o mês de março, uma sala foi adaptada com tatame e pequenas sacolas nas paredes, para que os alunos possam deitar no chão, sem preocupação de sujar a roupa e possam guardar os livros de sua preferência nos espaços adequados. A coordenadora da Sala de Recursos da escola Brandão Lima, Maria Walkíria Cipriano Cardoso, explica que são oferecidos livros de diversos estilos, como contos, literatura infantil, entre outros. “Desde que tomamos essa iniciativa, percebemos um aumento na procura de livros pelos alunos”, ressalta.

Ela destaca que a escola sempre desenvolveu a prática de empréstimo de livros, quando os alunos podiam levar os livros para a casa na sexta-feira e devolver na segunda, mas a nova iniciativa aumentou ainda mais a procura. “A escola tem um aluno com autismo e até ele tem se interessado mais pela leitura”, destaca Walkiria. “Para ficar totalmente adequado, nosso espaço precisa apenas de refrigeração”, acrescenta, adiantando que irá solicitar à Semed o atendimento a esse pleito.

 

 O acervo da Biblioteca é de aproximadamente 300 exemplares, que deve ser renovado a cada ano, conforme planejamento da Secretaria Municipal de Educação. Todos os alunos da escola procuram a Sala de Deleite. Atualmente, a unidade de ensino localizada no bairro do Pinheiro, tem cerca de 300 alunos matriculados.


Ascom Semed/ Delane Barros



Vice-prefeito participa do Seminário de Volta às Aulas


A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou na manhã desta segunda-feira (10) o Seminário de Volta às Aulas, reunindo gestores de toda a Rede Municipal de Ensino. O evento contou com a presença do vice-prefeito Marcelo Palmeira, da secretária de educação Ana Dayse Dórea, da representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) Maria Teresa e do presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (CNE), José Francisco Soares.
O vice prefeito Marcelo Palmeira participa do Seminário de Volta às Aulas.
Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió
“Marcamos nesse evento um novo tempo para a Educação em Maceió, que hoje tem novas escolas com estrutura igual a de escolas particulares. Nossas unidades contam com acessibilidade, iluminação e ventilação natural, biblioteca e outros espaços importantes. Fizemos novos investimentos, como o fornecimento de fardamento e material escolar”, destacou Marcelo Palmeira.

Segundo o vice-prefeito, os investimentos na área mostram o esforço do Município para incentivar os alunos e a comunidade escolar, além de elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Com melhorias nas unidades de ensino temos proporcionado condições de trabalho e de estudo para os estudantes e servidores. Temos observado isso em cada nova reforma ou construção, com a expressão de satisfação de cada um”, acrescentou Marcelo.
Seminário de Volta às Aulas é uma realização da Prefeitura de Maceió.
Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió


De acordo com a secretária de educação, Ana Deyse Dórea, o seminário tem como objetivo promover a importância do Ideb e sensibilizar os gestores às tarefas que devem executar para chegar em resultados positivos. “Esse evento é fundamental neste momento, principalmente porque temos novos gestores nas escolas. Estamos em ano de avaliação do Ideb e esperamos que nossas ações e investimentos tragam resultados positivos”, disse.



               Secretária Ana Dayse . Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió 

O evento contou ainda com a participação do professor, estatístico e pesquisador José Francisco Soares, presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (CNE) e ex-presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Renovação com o PNUD
Durante o evento, a Semed consolidou mais uma vez a parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, que tem auxiliado a Secretaria em suas ações e investimentos, com investimentos financeiros oriundos do Governo Federal e assessoria técnica. O protocolo de renovação foi assinado pelo vice-prefeito e pela representante do PNUD.
Jonnathan Firmino e Eberth Lins/ Secom Maceió

Começa pré-matrícula online para escolas com calendário especial


Pais e responsáveis que desejam matricular os filhos em escolas da Rede Municipal de Ensino de Maceió devem ficar atentos ao prazo da pré-matrícula online para oferta de vagas em escolas que estão em calendário especial. O sistema está disponível para inscrição no site da Prefeitura de Maceió a partir desta segunda-feira, 10 de abril, e segue até o próximo dia 16.
Nesse momento, a matrícula é só para escolas que estão com o calendário de aulas diferenciado. Serão disponibilizadas vagas nas seguintes unidades: Zumbi dos Palmares, situada no conjunto Rosane Collor, Walter Pitombo Laranjeiras na Levada, Maria de Fátima Lira, no Benedito Bentes 1 e Petrônio Viana, localizada no conjunto Carminha.
O resultado da pré-matrícula está previsto para o dia 24/04, também no site da Prefeitura de Maceió. A partir da divulgação, os pais têm até o dia 27 para ir até a escola para efetivar a matrícula do estudante, que está submetida ao número de vagas disponíveis em cada escola.
Para efetivar a matrícula do aluno na escola onde ele conseguiu a vaga, o responsável precisa estar com seu CPF e RG, comprovante de residência, cartão do Bolsa-Família, comprovante de escolarização, cartão do SUS, cartão de vacinação para crianças até 07 anos, declaração ou histórico escolar para vagas a partir do 2 ano, certidão de nascimento, duas fotos 3×4 e CPF do estudante.
Secom Semed

domingo, 9 de abril de 2017

Educação Infantil inicia formações no Ambiente Virtual de Aprendizagem


Coordenadores da Educação Infantil em Formação Virtual.
Foto: Ascom Semed
Os coordenadores do Paralapracá começaram nesta segunda (24), a formação de 2017 do Projeto. Durante todo o dia, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), houve a formação online, já que a partir de agora, os coordenadores poderão contar com o apoio virtual do Instituto C e A, que desenvolve o Paralapracá, além dos técnicos da Semed.

De acordo com a coordenadora geral de Educação Infantil da Semed, Angelina Araújo, a formação irá prosseguir durante todo o ano. A próxima etapa será em junho. “E em todas elas haverá certificação”, garantiu.
Coordenadores da Educação Infantil em Formação Virtual.
Foto: Ascom Semed
O projeto Paralapracá tem o objetivo de garantir à criança a educação e o cuidado apropriados a sua faixa etária e em que seja respeitada a sua condição peculiar de pessoa em desenvolvimento e representa uma frente de formação de profissionais da educação infantil.

Delane Barros/ Ascom Semed

Educação Infantil é tema de evento internacional


Creche Pompeu Sarmento. Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Começou na última quinta-feira (6) o período de inscrições para a I Jornada Internacional sobre a formação dos professores de Educação Infantil e o III Encontro da Rede Infantil da Ufal, que acontecem entre os dias 25, 26 e 27 de maio no Campus A.C. Simões da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em Maceió. Técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) participarão do encontro, cujo objetivo é reunir pesquisadores, docentes e alunos da graduação e pós-graduação, além de profissionais que atuam no campo, para um diálogo em torno das questões que atingem a formação dos profissionais da Educação Infantil.
O evento é uma iniciativa do Grupo de Pesquisa Educação Infantil e Desenvolvimento Humano – GPEIDH -, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Alagoas –PPGE/Ufal e conta com a parceria de várias universidades do Brasil. A programação inclui conferências, mesas-redondas, oficinas, exposições e apresentações culturais, com base em cinco eixos temáticos.
As inscrições para o público, em geral, podem ser feitas até o dia 25 de maio de 2017, por meio do endereço eletrônico redeeiufal.com.br/
Ascom Semed

sábado, 8 de abril de 2017

Educação realiza Seminário de Volta às aulas 2017 nesta segunda



A Secretaria Municipal de Educação (Semed) realiza nesta segunda (10), o Seminário de Volta às Aulas, que acontece às 9 horas, no Hotel Best Western Premier (Antigo Hotel Radisson), na Pajuçara.
O seminário tem como objetivo refletir sobre a importância do Índice da Educação Básica (Ideb), em busca da constante melhoria da educação pública no município, considerando a aplicação da Prova Brasil no mês de novembro deste ano.
Alunos da Rede Municipal. Foto: Ascom Semed
O evento é realizado em parceria com Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e abre oficialmente o ano letivo 2017. Esse ano o Seminário aborda o tema ” Ideb: Compreensão e uso para uma gestão de qualidade”. O evento é voltado para a comunidade, diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos e toda a equipe técnica da Semed.
Marcarão presença no evento, o vice-prefeito, Marcelo Palmeira, a secretária Municipal de Educação, Ana Dayse Rezende Dorea, a analista do Programa de Políticas Sociais do PNUD, Maria Teresa Amaral, além dos palestrantes.
Na ocasião será a assinada a repactuação do Plano de Trabalho Semed/Pnud 2017, que objetiva contribuir para uma educação inclusiva, de qualidade e com equidade nas 138 escolas da rede e, com isso, avançar nos indicadores do Ideb, meta principal da rede para 2017.
De acordo Ana Dayse dorea, o seminário já é um evento que já está dentro da programação da gestão do município de Maceió, abrindo o ano letivo de 2017. ” O evento já faz parte do nosso calendário de ações. A aula magna, ministrada pelo professor Francisco, será uma oportunidade muito rica para nossa rede de poder ouvi-lo e discutir com ele todo esse processo de avaliação que se traduz no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica”, afirma a gestora., complementando que nos últimos anos a rede tem focado na avaliação e os indicadores têm avançado desde 2013.
Para a coordenadora geral do projeto Semed/Pnud, Rita Ippolito, o seminário será um momento para orientar os educadores sobre a importância desses indicadores para a rede de Maceió.
A programação conta com a colaboração especial do professor Francisco Soares – mais conhecido como Chico Soares -, presidente da Câmara de Ensino Básico do Conselho Nacional de Educação, que apresenta a Conferência Magna – O Ibeb para uma educação de qualidade: desafios e oportunidades. Dando prosseguimento às atividades, será realizado um painel para socializar as boas experiências do Ideb nas escolas da rede, com a participação das equipes gestoras das três escolas que obtiveram melhores índices. Já o painel que será apresentado pelo professor Dr. Júlio Furtado abordará as experiências de desempenho do Ideb na rede municipal de ensino de Maceió.
No mesmo dia, no período da tarde, será promovido o II Encontro de Parceiros, uma ação resultante da cooperação técnica entre a Semed e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).
Para a secretária, o Encontro de Parceiros será outro momento importante. “A primeira gestão passou e nós temos que prestar contas e relatórios, tanto da área pedagógica quanto da área financeira. Então, é um novo ciclo que se inicia e, partindo do que foi realizado na primeira gestão, dando continuidade a algumas ações com resultados muito bons, nós trabalhamos o planejamento da próxima gestão e o foco dessa reunião vai ser justamente as ações para 2017. Isso tudo com essa parceria forte que conseguimos, o Pnud. Vai ser uma oportunidade rica pra gente repensar e fazer mais pela educação”, destaca ela.
Ascom Semed

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Escolas municipais de Maceió participam da Prova Alagoas 2017


Alunos da Escola Municipal Lindolfo Collor.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
Cerca de 67 escolas da rede municipal de Maceió participaram quinta-feira (06) da Prova Alagoas 2017, realizada pela Secretaria de Estado da Educação (SEE). A Prova Alagoas, aplicada aos alunos dos 5º e 9º anos do ensino fundamental, tem como objetivos auxiliar na verificação e diagnóstico da aprendizagem, assessorar as escolas no seu planejamento pedagógico e preparar os alunos visando a melhoria dos índices da Prova Brasil, que será realizada no final do ano pelo Ministério da Educação (MEC).

De acordo com o coordenador geral de Informações e Avaliação Escolar, Roberval Ferreira da Silva, a Prova Alagoas abrange todas as escolas do Estado e vai subsidiar a realização da Prova Brasil, avaliação nacional realizada anualmente pelo MEC. “O resultado da avaliação da Prova Alagoas nos dará base para um melhor acompanhamento e planejamento das atividades pedagógicas dos alunos, garantindo o direito de aprendizagem, além da melhoria dos nossos indicadores em nível nacional”, informa o coordenador.
Roberval explica também que a Prova Alagoas faz parte da parceria firmada entre a Secretaria de Estado da Educação e as secretaria municipais que aderiram ao Programa Escola Nota 10, lançado no dia 17 de março no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió. “O programa estabelece como metas garantir a alfabetização na idade certa, reduzir a distorção idade/série, o analfabetismo e a evasão escolar. Para isso, o programa disponibiliza assessoria pedagógica para alcançar as metas estabelecidas no Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica -, formulado para medir a qualidade do aprendizado”, assegura Roberval.
Sobre os resultados das provas, Roberval disse que será divulgado apenas às unidades de ensino e às secretarias municipais de Educação (Semeds). “A avaliação não terá um resultado divulgado, será diagnóstica. As Semeds terão acesso apenas ao resultado das escolas da sua rede, para identificação de dificuldade ao início do ano letivo. Os professores e articuladores de Ensino, este último criado pelo Escola 10, trabalharão junto para garantir o aprendizado dos alunos”, explica o coordenador.
João de Oliveira – Ascom/Semed

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Secretária participa do X Fórum Estadual de Dirigentes Municipais


A secretária municipal de Educação, Ana Dayse Dorea, participou nesta quinta-feira (06), no Centro Cultural e de Exposição Ruth Cardoso, do X Fórum Estadual Ordinário da União dos Dirigentes Municipais de Educação de Alagoas.
Com o tema “Novos Tempos, Novas lutas: O Dirigente Municipal de Educação como Sujeito de Transformação da Gestão Educacional”, o evento teve como principal objetivo debater os pontos primordiais que contribuem para a educação pública de qualidade nos municípios.
Numa importante contribuição, a secretária Ana Dayse coordenou a palestra que leva o tema principal do evento. A palestra foi proferida pela professora Maria Edineide de Almeida Batista, secretária de Finanças da Undime Nacional.
Para Ana Dayse foi uma honra participar de um evento que tem por missão elaborar, implementar e gerir políticas públicas voltadas para a educação. “Trabalhamos e acreditamos que é possível fazer uma educação de qualidade, mas para isso é preciso ter base. O financiamento por si só é importante, mas não é o único viés. Claro que precisamos ter financiamento para poder investir em capacitações, investir em infraestruturas, nas pessoas. Tudo isso precisar está muito bem articulado”, disse a secretária.
Ascom Semed/ Janaina Farias

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Seminário discute melhoria de indicadores educacionais


Pelo quarto ano consecutivo, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), promove o Seminário de Volta às Aulas, que acontece no dia 10 de abril, durante o horário da manhã, no Hotel Best Western Premier (Antigo Hotel Radisson), na Pajuçara.
Com o tema ” Ideb: Compreensão e uso para uma gestão de qualidade”, o evento traz como proposta uma reflexão sobre a importância desses indicadores em busca da constante melhoria da educação pública no município, considerando a aplicação da Prova Brasil no mês de novembro deste ano.
Alunos da Rede Municipal de Ensino. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió
Estarão presentes o prefeito Rui Palmeira, a secretária Municipal de Educação, Ana Dayse Rezende Dorea, e Maristela Baioni, representante do Pnud no Brasil. Na ocasião será a assinada a repactuação do plano de trabalho Semed/Pnud 2017, que objetiva contribuir para uma educação inclusiva, de qualidade e com equidade nas 138 escolas da rede e, com isso, avançar nos indicadores do Ideb, meta principal da rede para 2017.
“O Seminário será um momento para orientar os educadores sobre a importância desses indicadores para a rede de Maceió, mas sobretudo como podemos utilizá-los para compreender quais ações podem ser adotadas a fim de melhorá-los. Nesse processo, precisamos envolver não somente a comunidade escolar, mas também os pais e alunos para discutir propostas e preparar nossas crianças e jovens para a Prova Brasil, que seguramente é um dos eventos mais importantes da comunidade escolar”, avalia Ippolito.
Para reforçar a temática, a programação conta com a colaboração especial do professor Francisco Soares – mais conhecido como Chico Soares -, presidente da Câmara de Ensino Básico do Conselho Nacional de Educação, que apresenta a Conferência Magna – O Ibeb para uma educação de qualidade: desafios e oportunidades. Dando prosseguimento às atividades, será realizado um painel para socializar as boas experiências do Ideb nas escolas da rede, com a participação das equipes gestoras das três escolas que obtiveram melhores índices.
A intenção do painel é trocar experiências acerca das ações que foram desenvolvidas para alcançar esses indicadores, assim como traçar estratégias que possam servir de espelho para as demais unidades escolares. Para isso, foi convidado o professor Dr. Júlio Furtado, que no decorrer do ano será parceiro da Secretaria nas formações pedagógicas para gestores, coordenadores e professores, neste primeiro momento apenas para turmas do 5º e 9º ano, que se submetem a Prova Brasil em novembro. No Mesmo dia, no período da tarde, será promovido o II Encontro de Parceiros, uma ação resultante da cooperação técnica entre a Semed e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).
Ascom Semed/ Thiago Guimarães

Alunos do município avançam na Olimpíada do Raciocínio Lógico


A fase classificatória digital da IX Olimpíada do Raciocínio Lógico MindLab já começou e 28 alunos da Rede Municipal de Educação de Maceió estão disputando vagas para a etapa nacional presencial, que ocorrerá em maio, em São Paulo. Equipes de seis escolas estão reunidas, nesta quarta (05), no laboratório de informática da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) para competir em quatro modalidades de jogos de raciocínio: Octi, Abalone, Dama Olímpica e Bloqueio.
Estudantes de escolas municipais participam da 2ª fase
da IX Olimpíada do Raciocínio Lógico. Foto: Ascom Semed
A Olimpíada é iniciativa do Programa Mente Inovadora, da MindLab, que atualmente é desenvolvido em 41 escolas da Rede, com a proposta de estimular habilidades cognitivas, sociais, éticas e emocionais dos alunos.

Os professores são capacitados para trabalhar com a metodologia dos jogos e em seguida, transmitem esses conhecimentos em sala de aula, como explica a professora de matemática da Escola Municipal Silvestre Péricles, Vanessa Alves. “A preparação dos alunos ocorre durante o ano todo. Uma vez por semana, dedicamos uma hora da aula de matemática para instruir sobre os jogos, sua metodologia e estratégias, o que ajuda no desenvolvimento do raciocínio, concentração e participação do aluno em sala”, completa a professora.
A Secretaria Municipal de Educação (Semed) assessora o programa nas questões logísticas, disponibilizando o transporte para os alunos e professores, laboratórios de informática para os treinamentos e competição, além da realização de uma fase interna das olimpíadas que classifica os alunos mais capacitados para esta fase regional da qual estão participando neste momento.
Estudantes de escolas municipais participam da 2ª fase 
da IX Olimpíada do Raciocínio Lógico. Foto: Ascom Semed
No ano passado, alunos da Escola Municipal Lindolfo Collor foram a São Paulo representar Alagoas na fase nacional. Desta vez, o aluno Leonardo Vicente,  da Escola Municipal Pompeu Sarmento, diz estar motivado e preparado para representar Maceió. “Estou treinando muito, todos os dias. Espero ser classificado nessa etapa para poder viajar e disputar a etapa nacional”, relatou o aluno do 9º ano.
A coordenadora do Programa Mente Inovadora na Semed, Carla Gaspar, fala sobre alguns benefícios dos jogos. “Além do raciocínio lógico em si, eles aprendem a lidar com regras, leitura das jogadas dos adversários, interatividade, trabalho em grupo, concentração, paciência e o desenvolvimento de muitas outras habilidades socioafetivas, que servirão também para sua vida pessoal”, explicou.
Amanda Bezerra (estagiária) / Ascom Semed