sábado, 27 de novembro de 2010

Estudantes da Escola Luiza Oliveira Suruagy aprendem com a arte

Foto: FMAC
A rotina dos alunos da Escola Municipal Luiza Oliveira Suruagy, localizada no bairro do Ouro Preto, foi modificada na quinta-feira (25) pela presença da trupe paraibana Engenho Imaginário. As crianças deixaram a sala de aula e foram ao pátio ornamentando especialmente para transpor um cenário teatral. A atividade foi promovida pela Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC).

Na oportunidade, foi apresentado o espetáculo “Zé Lins – O Pássaro Poeta”. Baseado na obra “O Menino que virou escritor”, de Ana Maria Machado, o trabalho é mais que uma peça de teatro, é uma viagem pela fascinante história da vida do grande escritor regionalista brasileiro José Lins do Rego. Atentas, as crianças não só assistiam, mas também interagiam com os atores. Emocionante e, ao mesmo tempo, muito divertido, assim foi definido o espetáculo pelos alunos.

Para a diretora da escola, Ângela Loureiro, proporcionar aos alunos alternativas de conhecimento diferentes das convencionais é necessário, porque influencia também no processo de socialização. “As crianças apreendem brincando e passam ter gosto pela sua própria cultura”, destaca.

Montado há três anos, o grupo teatral participou recentemente do Festival Iberoamericano de Teatro para a Infância e a Juventude, na República Dominicana, e vem se apresentando nas sete cidades onde viveu José Lins do Rego, fechando com chave de ouro em Maceió. Os responsáveis pelo grupo relatam que Maceió foi escolhida para encerrar por ter uma identificação marcante com o escritor, pois foi onde ele começou a carreira e morou por nove anos.

Na quarta-feira (24), houve apresentação e oficinas de canto coral, contação de histórias e produção textual, para as crianças e jovens do Lar São Domingos. A atividade contou com o apoio da Organização Não Governamental Ideário.

Fonte: Secom Maceió

Um comentário:

mayara disse...

a escola qui eu estudo e vou estudar